Como fazer textos para blogs

Você quer aprender a escrever para seu próprio blog ou ser um redator para blogs de marcas e empresas? Saiba que esse é um mercado com grande potencial de crescimento para você, com uma renda média relativamente alta. 

Mesmo que você já escreva bem, existem certas técnicas, habilidades e hábitos que você precisa adotar para ser um bom redator. Dessa maneira, entenda alguns cuidados que você deve ter ao iniciar sua jornada como redator freelancer.

1.  Escolha os seus segmentos de escrita

Em primeiro lugar, você terá que definir alguns segmentos para você escrever. Não adianta aceitar um projeto para escrever 30 artigos de Direito Empresarial se você não souber nada do assunto, por exemplo.

Há muitos segmentos para você se especializar. Escolher entre três a cinco é a opção ideal. É melhor ser um redator experiente em apenas alguns nichos do que um redator mediano que aceita escrever sobre tudo, apenas pelo dinheiro.

2.  Faça cursos livres de especialização

Em seguida, será necessário fazer alguns cursos. Os mais indicados para um redator iniciante é estudar Marketing de Conteúdo, SEO (Search Engine Optimization), Produção de Conteúdo para Web, Copywriting, Revisão de Textos e outras opções.

Todos esses cursos irão ensinar a você qual a melhor linguagem para escrever seus artigos, como otimizar seus artigos com SEO para que eles sejam bem-posicionados nos resultados de buscas do Google, como escrever de forma persuasiva e também a revisar seus próprios textos, tanto gramaticalmente quanto ortograficamente.

3.  Pratique sua escrita

Esse é um momento muito importante para sua nova carreira, já que você poderá usar seus artigos como seu portfólio, para conquistar seus primeiros clientes.

Portanto, faça alguns dias de teste, para pegar prática ao escrever com SEO, com copywriting, na linguagem correta para web e realizando suas próprias revisões.

Não esqueça de escrever artigos com as temáticas estabelecidas que você quer trabalhar. Nada impede você de se aprofundar em novos assuntos para ter clientes de diferentes segmentos também.

Se você não gostar dos resultados de seus primeiros artigos, ainda há uma forma de utilizá-los como seu portfólio. Use um modificador de texto.  Com essa ferramenta, dotado de inteligência artificial, você será capaz de reescrever seus parágrafos mal formulados e substituir algumas palavras por sinônimos mais cabíveis no artigo.

Nesse sentido, você poderá usar todos os seus artigos de prática em seu portfólio.

4.  Realize a captação de clientes

Não é difícil achar plataformas na internet que proporcionam negociações entre clientes e redatores, tanto iniciantes quanto experientes. Existem muitas, como o 99freelas, GetNinjas ou Workana.

Realize o cadastro em uma ou mais plataformas de preferência para entrar em contato com potenciais clientes. Você também pode usar o LinkedIn, caso seu intuito seja atuar como redator em uma agência. Existem também os sites de emprego como Catho e Infojobs. Tudo dependerá do seu objetivo.

Para ser um redator freelancer, você também pode participar de grupos da internet, criar redes sociais para divulgar seu portfólio, entrar em contato com agências de conteúdo para iniciar parcerias e muitas outras possibilidades.

5.  Feche seu primeiro trabalho

Essa é a hora mais esperada para qualquer redator iniciante. Depois de muitas recusas e negociações, você pode conseguir um primeiro trabalho. Para determinar o prazo para terminar esse trabalho, você precisará saber o quanto de palavras consegue escrever por dia.

Um redator experiente pode escrever 8.000 palavras por dia, mas um redator iniciante ainda não tem a mesma prática. Quanto ao preço, você pode estipular valor por palavra, valor por quantidade de palavras em um artigo ou valor por um pacote de artigos. Isso fica a seu critério e do seu cliente.

Nesse sentido, basta começar a trabalhar. Tenha um horário fixo de trabalho para conseguir produzir mais textos, e conforme sua experiência for aumentando você vai aumentando a quantidade de textos também. Depois de um tempo, você poderá aumentar o valor cobrado, diminuir os prazos de entrega e produzir mais.

Esse é o trajeto que você precisa percorrer para escrever para um ou mais blogs. Você se tornará um profissional de credibilidade, experiente e receberá indicações para outros clientes. No entanto, você terá que trabalhar bastante para isso, como em qualquer outra área profissional.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia mais