- Publicidade -

Descubra como solicitar a revisão da sua aposentadoria pelo INSS e potencialmente aumentar seu benefício

0

Revisão da aposentadoria pelo INSS: o que você precisa saber

- Publicidade -

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) está possibilitando a aposentados solicitarem revisões em seus benefícios. Esta ação é relevante nos casos em que inconsistências nos valores recebidos são identificadas ou quando períodos de trabalho não são contabilizados no cálculo da aposentadoria. Entretanto, existe um conjunto de regras específicas que norteiam esse procedimento.

Fonte: Olhar Digital/ Reprodução

Para começar, o aposentado deve estar atento se ainda se encontra no prazo para fazer a solicitação de revisão, o que pode ser feito em até dez anos a partir do recebimento do primeiro benefício. Isso vale para casos de inclusão de tempo de contribuição ou correção nos valores definidos quando o benefício foi concedido.

Leia mais:

- Publicidade -

INSS antecipa perícias médicas: 9 mil beneficiários do BPC podem ser afetados!

Como funciona a correção de erros na aposentadoria?

Se realmente for comprovado o erro, o aposentado terá direito a diferenças retroativas de até cinco anos, referidas como atrasados. Contudo, é crucial destacar que revisões apresentando novos documentos no meio do processo podem ter prazos diferenciados para contagem dos atrasados.

A solicitação de revisão do benefício pode ser feita tanto no INSS como na esfera judicial. Em procedimentos que envolvam até 60 salários mínimos, a figura de um advogado não é obrigatória, embora seja recomendável. Já em processos que ultrapassem esse valor, é imprescindível contar com o auxílio de um advogado.

Quais são os tipos de revisões possíveis?

- Publicidade -

Existem diversos tipos de revisões que podem ser solicitadas, algumas delas incluem: correção de erros de cálculo e inclusão de salários na aposentadoria, inclusão de tempo servido em atividades consideradas especiais e a revisão da vida toda, que permite incluir no cálculo da média salarial valores pagos em outras moedas antes de julho de 1994, conforme uma recente decisão do STF.

Quem tem direito a solicitar a revisão?

Todos os aposentados que recebem benefícios do INSS e identificam algum erro em seus valores têm direito de solicitar essa revisão. Porém, a correção precisa ser requerida dentro do prazo de dez anos após a concessão do benefício.

Os pedidos que forem realizados antes desse prazo são capazes de congelar a decadência. De acordo com especialistas, é fundamental especificar o tipo de correção necessária, pois pedidos muito genéricos tendem a ser negados pelo INSS e pela Justiça.

Como e onde solicitar a revisão?

O aposentado pode fazer a solicitação de revisão remotamente pelo INSS por meio do número de telefone 135 ou pelo aplicativo/site Meu INSS. Dependendo do valor da causa, pode ser necessário contar com a ajuda de um advogado para realizar ação na vara previdenciária.

O passo a passo para solicitar a revisão no INSS é simples: basta acessar o site e fazer login com sua conta gov.br, na opção “Do que você precisa”, escrever “Revisão” e seguir as instruções na tela.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia mais

Horóscopo Do Dinheiro: 5 Signos Que Terão Muita Grana Este Ano BioBoost: A IA do LinkedIn que Potencializa sua Presença nas Redes Sociais Tiktok: Plataforma é banida em mais um país no meio político Chamas da Vingança se Espalham: A Saga de Denzel Washington Continua na Série Original da Netflix Adeus ao Bosque dos Cem Acres: Por que o Novo Filme do Ursinho Pooh está Sendo Retirado das Telonas