Dicas para decorar gastando pouco

Quando se trata de renovar sua casa, não há como negar que há uma infinidade de possibilidades disponíveis, que vêm com uma ampla gama de etiquetas de preços assustadores. Mas atualizar o estilo da sua casa não precisa custar caro, então aqui nós compartilhamos algumas dicas para decorar com um orçamento apertado.

Lembre-se que a chave para renovar a decoração da sua casa sem esvaziar os bolsos é tentar se concentrar em pequenas mudanças que terão um grande impacto. Se possível, você também deve tentar fazer o que puder sozinho, de modo que possa economizar dinheiro para focar na busca de apartamentos à venda em Campinas ou mesmo para ao contratar negócios ou comprar peças de mobiliário totalmente novas.

Aqui estão suas dicas para decorar sua casa dentro do orçamento. Acompanhe a seguir!

1. Use o que você tem

Você não precisa ir às lojas; reorganize o que você tem. Mova pinturas, mesas e até porcelana de cômodo para cômodo. Mude a disposição dos móveis, estofe novamente as peças existentes, pinte seus móveis de madeira, acrescente novos puxadores a um armário sem alma. Frequentemente, muitas das coisas que você possui estão bem, elas só precisam de um ajuste para torná-las novas. Comprar em casa pode ser seu recurso mais barato.

2. Reforme sempre que puder

Antes de começar a se preocupar com o que você pode ou não comprar, considere o que você deve se livrar. Itens desatualizados, gastos ou danificados podem estar prejudicando a aparência da sua casa e, se não forem essenciais, removê-los pode deixar sua casa novinha em folha!

3. Fique neutro

A escolha de peças clássicas em cores neutras permitirá que seus móveis tenham uma vida longa e diversificada. Itens neutros podem ser movidos de uma sala para outra ao longo dos anos e, trocando acessórios, almofadas, lâmpadas, tapetes, arte, eles podem ser facilmente transformados quando o gosto muda. Optar por itens versáteis em cores e acabamentos neutros significa que você só terá que incorrer em um alto custo uma vez, ao invés de alguns anos.

4. Jogue um pouco de preto

Não importa o estilo do seu interior – moderno, tradicional ou eclético – a introdução de um elemento preto como uma peça de mobília, pintura ou acessório adicionará um toque instantâneo. Porém, seja moderado em se tratando de uma kitnet.

5. Vá para diferentes partes da cidade

Tanto geográfica quanto culturalmente. Você ficará surpreso não apenas com a aparência diferente, mas também com a diferença de preço. Busque por algo versátil, e use sua imaginação. Quando você está com um orçamento de zero, leve todos os seus poderes de observação e imaginação para lojas de caridade, lojas de descontos e semanas de limpeza. Vasculhe lojas de pechinchas em busca de sobras a preços reduzidos que transformarão uma almofada crucial. Uma semana de liquidação é muito divertida – pode haver melhores cadeiras nas limpezas municipais do que na maioria das lojas que vendem móveis. Lojas de festas escolares são ótimas para livros. Você encontrará objetos únicos, coisas que terá para o resto de sua vida: coisas que parecem boas, são agradáveis e dizem algo ótimo sobre você para o mundo.

6. Divida os custos e compre com sabedoria

Para um segredo de compras que economiza dinheiro, divida os custos e os conjuntos. Evite tomar decisões precipitadas ou comprometidas de que você se arrependerá no lazer. Quando você tem um orçamento, é fácil comprar coisas pelo preço, em vez de comprar coisas boas. Se você comprar um sofá ruim, por exemplo, sempre vai querer substituí-lo assim que puder.

7. Combine tudo com acessórios acessíveis

Porcelana chinesa barata, bandejas trançadas, jogos americanos e cestaria podem realmente esticar o orçamento e ainda obter uma camada de personalidade.

8. Ama alguma coisa? Compre apenas um

Cuidado com a duplicação. Não compre sempre a mesma coisa. Por exemplo, você tem uma mesa de centro deslumbrante que adora. Então você vê uma linda mesa lateral de latão que se assemelha a ela. A mesa de centro não parecerá tão especial se tiver um design correspondente.

9. Ao comprar itens baratos, as coisas simples são mais seguras

Coisas baratas geralmente dão errado quando são manipuladas. Procure por grampos domésticos em sua paleta de cores.

10. Pense nas compras de pechinchas como uma caça ao tesouro

Desfrute de procurar o ouro entre a escória. Não pague caro por coisas que você sabe que verá à venda. Aguarde as grandes vendas de itens como lençóis, toalhas, louças, talheres, copos, facas, potes e panelas.

11. As lojas de descontos são uma parada obrigatória

Você vai cavar fundo em busca de um tesouro, mas vale a pena. Vá para áreas em sua cidade onde há uma massa crítica dessas lojas, para que você possa comparar e contrastar. A maior parte do que você encontrará será lixo, mas 5% será ouro puro – o tipo de artefatos que tornam uma casa única, e por um preço mínimo. Suportes para plantas, bandejas, mesas, cadeiras, jogos americanos de tecido, figuras de porcelana asiática, caixas de armazenamento, recipientes de armazenamento, bases para copos de vime, tigelas de macarrão, vidro, derramadores de óleo, vasos de cerâmica, pratos de grés, bules, toalhas brancas. Procure texturas naturais, cores suaves e decoração minimalista.

12. Misture peças de qualidade com achados menos caros

Quando se trata de colecionar, nem todas as peças precisam ser preciosas. É muito mais importante encontrar as coisas que você realmente ama. Esse é o ponto de coleta. Seja original. Faz sentido econômico começar a colecionar algo que está fora de moda ou que ainda não se tornou uma moda passageira. Conhecemos pessoas que colecionam carrinhos de bolo, bandejas de vime, vassouras, tijolos de condenados e livros com nomes bobos. Eles são todos fascinantes.

13. Vá para o glamour da galeria

Dê a uma humilde obra de arte a aparência de uma obra-prima com montagem e moldura grandes. Quando rodeado por um suporte de 15 cm, uma pequena impressão parecerá importante. Monte um objeto tão simples como uma concha, vaso, máscara ou escultura em pedestais, blocos e suportes para torná-los parecidos com algo saído de uma galeria de arte. Considere também o investimento em obras de arte originais de promissores locais e descubra quando as faculdades de arte estão oferecendo trabalhos originais de estudantes, a preços acessíveis.

Gostou destas dicas? Compartilhe este post em suas redes sociais!

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia mais