- Publicidade -

Canoas: Idoso encontra abrigo em posto de gasolina após perder tudo em enchentes

0

Vilson Almeida da Silva, 66 anos, é um dos muitos moradores de Canoas que perderam tudo nas enchentes que devastaram a cidade no início de maio. Sem ter para onde ir, ele encontrou abrigo em um posto de gasolina, onde vive em seu carro há dias. Sua história é um retrato da dura realidade de quem foi atingido pela tragédia e agora luta para seguir em frente.

- Publicidade -

Perdendo tudo em questão de horas

Vilson vivia no bairro Mathias Velho, um dos mais afetados pelas chuvas. Em apenas algumas horas, a água subiu rapidamente e inundou sua casa. Ele conseguiu salvar apenas alguns pertences pessoais, como roupas, um travesseiro e um cobertor.

Imagem: Lucyenne Landim/O TEMPO

Leia mais:

- Publicidade -

Aeroporto de Porto Alegre só reabre em setembro: veja o que muda para os passageiros

A escolha de viver no carro

Inicialmente, Vilson foi para a casa de familiares no bairro Guajuviras. No entanto, ele se sentia desconfortável com a dependência de outras pessoas e decidiu que precisava encontrar uma solução mais independente. Foi então que ele decidiu viver em seu carro no estacionamento de um posto de gasolina.

A rotina no posto de gasolina

No posto, Vilson tem acesso a banheiro e alimentação. Ele passa o dia ali, conversando com os frentistas e outros clientes, e à noite dorme em seu carro. Apesar da situação difícil, ele tenta manter o otimismo e a esperança de que um dia poderá voltar para sua casa.

- Publicidade -

A incerteza do futuro

Vilson não sabe quando poderá voltar para sua casa. As autoridades ainda não definiram uma data para o retorno dos moradores aos bairros alagados. Enquanto isso, ele segue vivendo um dia de cada vez, buscando força na fé e no apoio de sua família.

A lição aprendida

Vilson tem uma mensagem para os mais jovens: “Eu sempre falava para os meus filhos, para a minha filha, ‘vocês se cuidem, prestem atenção nas coisas, porque o troço não é fácil, está acontecendo muita tragédia’. Eu expliquei para eles, mas eles são diferentes de nós, né. Eles acham que a gente não sabe das coisas.”

A história de Vilson é um exemplo de como as enchentes de Canoas impactaram a vida de milhares de pessoas. É um lembrete da importância da prevenção e da necessidade de estarmos preparados para lidar com desastres naturais.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia mais

Horóscopo Do Dinheiro: 5 Signos Que Terão Muita Grana Este Ano BioBoost: A IA do LinkedIn que Potencializa sua Presença nas Redes Sociais Tiktok: Plataforma é banida em mais um país no meio político Chamas da Vingança se Espalham: A Saga de Denzel Washington Continua na Série Original da Netflix Adeus ao Bosque dos Cem Acres: Por que o Novo Filme do Ursinho Pooh está Sendo Retirado das Telonas