- Publicidade -

Liberte-se do vício do cigarro agora: Dicas reveladas pelo cardiologista Dr. Gustavo Pederçole

0

E se você descobrisse que há uma forma mais segura de livrar-se do vício do cigarro, possibilitando uma vida mais saudável e longa? Se essa ideia soa animadora, continue lendo. Acredite, existe sim uma luz no fim do túnel para quem deseja parar de fumar.

- Publicidade -

É bem difícil para uma pessoa que fuma, abandonar esse comportamento venenoso. Afinal, o vício não é só físico, mas mental e emocional também. Mas, de acordo com o Dr. Gustavo Pederçole, cardiologista do Hospital Santa Catarina, é completamente viável substituir o cigarro por hábitos melhores.

Foto Reprodução gazeta News

Leia mais:

Adolescente vítima de bullying e homofobia abre fogo em escola, mata uma e fere dois

- Publicidade -

Ataque em escola desperta alerta: Lula condena fácil acesso de jovens a armas

Quais são as sugestões para substituir o cigarro?

De acordo com o Dr. Gustavo, a ideia é substituir o momento do cigarro por outra atividade que ofereça algum tipo de prazer. “Fazer exercícios físicos, tomar um copo de água ou até mesmo comer fatias de legumes, como a cenoura,” sugere.

Ele enfatiza que não existem exercícios específicos para aqueles que desejam largar o vício de fumar. A ideia é escolher algo que possa proporcionar divertimento e bem-estar. Do mesmo modo, os aspectos nutricionais também devem ser orientados para evitar a substituição do vício por alimentos pouco saudáveis. “Se uma pessoa substitui o cigarro por alimentos com alto teor de gordura ou açúcar, estará trocando um problema pelo outro”, explica Pederçole.

É possível sentir os efeitos positivos rapidamente ao parar de fumar?

- Publicidade -

Após deixar de fumar, em apenas 20 minutos os batimentos cardíacos e a pressão arterial se normalizam. Com 12 horas, o nível de monóxido de carbono cai para níveis saudáveis e em 48 horas, a nicotina é eliminada do organismo, melhorando o olfato e o paladar. A partir daí, as melhoras só aumentam, culminando na diminuição drástica do risco de doenças cardiovasculares e câncer após um ano.

O tabagismo é uma doença crônica, gerada pela dependência física e psicológica do uso de nicotina. Deixar o cigarro exige paciência e perseverança. O Dr. Gustavo ressalta que o acompanhamento de um profissional é crucial nesse processo. “Não é perigoso para o corpo a retirada abrupta do cigarro, mas dependendo da pessoa, ela pode sentir sintomas de abstinência de forma mais exacerbada. Por isso, é orientado que faça isso sempre acompanhado por um profissional habilitado”, ressalta.

Outro ponto importante: o cigarro eletrônico não é “menos prejudicial” como muitas pessoas acreditam. Ao contrário, os vapers possuem uma quantidade de nicotina significativamente maior do que os cigarros comuns, e eles possuem substâncias desconhecidas, o que os torna ainda mais incertos e perigosos. Portanto, substituir o cigarro comum pelo eletrônico não é uma saída segura.

Decidir parar de fumar é um passo significativo na busca por uma vida mais saudável. É um caminho árduo, mas com a ajuda profissional e estratégias corretas, é possível alcançar o sucesso. E lembre-se: independente de quantas vezes você tentou antes, sempre é tempo de tentar novamente. Afinal, cada tentativa te deixa mais perto do objetivo final.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia mais

Horóscopo Do Dinheiro: 5 Signos Que Terão Muita Grana Este Ano BioBoost: A IA do LinkedIn que Potencializa sua Presença nas Redes Sociais Tiktok: Plataforma é banida em mais um país no meio político Chamas da Vingança se Espalham: A Saga de Denzel Washington Continua na Série Original da Netflix Adeus ao Bosque dos Cem Acres: Por que o Novo Filme do Ursinho Pooh está Sendo Retirado das Telonas