- Publicidade -

Aluno da Unicamp alega ter sido agredido e ameaçado com faca por professor; veja o vídeo

0

Conflito envolvendo professor na Unicamp gera polêmica na web

- Publicidade -

Em uma situação inesperada e controversa protagonizada por Rafael de Freitas Leão, professor da Unicamp, a tensão tomou conta das redes sociais. Em um vídeo viralizado, observa-se o docente e um aluno em uma ríspida luta corporal enquanto outros estudantes, em estado de choque, questionam: “Esfaqueou?”. O fato foi rapidamente reportado à Polícia Civil e o professor foi conduzido para a delegacia para prestar esclarecimentos.

A reitoria da universidade publicou um comunicado condenando fortemente o ocorrido e prometeu que o comportamento do docente será analisado de acordo com o procedimento administrativo adequado. Segundo a defesa do professor, em resposta à EPTV – afiliada da TV Globo, o professor carregava uma faca e um spray de pimenta como autodefesa.

Assista o vídeo a seguir:

- Publicidade -

Leia mais:

Senador Mourão propõe isenção de imposto para vinhos e espumantes na reforma tributária

Quem está no comando? PGR interina é revelada enquanto Lula não anuncia nome escolhido

Como o conflito se iniciou?

As circunstâncias que deram origem ao desentendimento ocorreram por volta das 7h, quando os estudantes foram visitar as salas para convocar outros alunos para uma paralisação. Segundo alegações do aluno Gustavo Bispo, diretor do Diretório Central dos Estudantes (DCE), o professor teria pedido que eles deixassem o local, dando início ao conflito.

- Publicidade -

“Quando a gente tentava conversar e iniciar um diálogo sobre a paralisação que estaria ocorrendo, o professor veio para cima de mim, segurou meu braço e me jogou no chão”, relata Gustavo, ainda abalado com o ocorrido. Posteriormente, estudantes cercaram o prédio e a segurança foi acionada, mas não antes de um segundo estudante entrar em luta corporal com o docente, como mostra o vídeo amplamente difundido nas redes.

Quais foram as consequências do incidente?

Apesar do tom alarmante dos relatos, até o momento, não há informações sobre feridos. Ainda assim, relatos indicam que o professor teria usado o spray de pimenta contra os estudantes. “Ele levantou uma faca, tentando me esfaquear, a mim e a outro estudante, que tentou correr daquele espaço”, disse Gustavo, ao recordar os momentos de angústia.

O que a Unicamp diz sobre o ocorrido?

Em resposta ao incidente, a Reitoria da Unicamp afirmou em uma nota oficial que nem justificativa nem motivação política são aceitáveis para os atos de violência praticados no campus de Barão Geraldo. A instituição ainda destacou a necessidade de calma e serenidade na resolução de conflitos e o compromisso em tomar as medidas cabíveis no que diz respeito à conduta do docente.

A comunidade acadêmica reage

Os estudantes e trabalhadores da Unicamp protestaram em apoio às greves de São Paulo. O DCE divulgou que vários centros acadêmicos aderiram à manifestação e postaram imagens mostrando como as entradas dos prédios e as salas de aula foram bloqueadas. A polêmica pelo qual passou a universidade ainda será assunto muita repercussão nos próximos dias.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia mais

Horóscopo Do Dinheiro: 5 Signos Que Terão Muita Grana Este Ano BioBoost: A IA do LinkedIn que Potencializa sua Presença nas Redes Sociais Tiktok: Plataforma é banida em mais um país no meio político Chamas da Vingança se Espalham: A Saga de Denzel Washington Continua na Série Original da Netflix Adeus ao Bosque dos Cem Acres: Por que o Novo Filme do Ursinho Pooh está Sendo Retirado das Telonas