- Publicidade -

Shein se junta ao programa Remessa Conforme e proporciona isenção fiscal em compras até US$50

0

Governo Federal inclui Shein no programa Remessa Conforme

- Publicidade -

Recentemente, o governo federal reconheceu a Shein, uma das maiores empresas de e-commerce no setor da moda, como participante do seu programa de benefício fiscal denominado Remessa Conforme. A informação foi formalizada através de um decreto publicado na edição do Diário Oficial da União (DOU) do dia 14 de março de 2023.

O decreto especifica que a certificação concedida à empresa que representa a Shein no Brasil, a In Glow Brasil, abrange somente as vendas realizadas por meio da plataforma digital. Com a emissão da certificação, a Shein se compromete a adaptar sua interação digital para garantir a cobrança correta do ICMS e para compartilhar as informações dos residentes brasileiros que realizam compras na plataforma com a Receita Federal.

foto: site oficina da net

Leia mais:

- Publicidade -

União é condenada a pagar R$1 milhão por morte brutal de Genivaldo em ação da PRF

Deputada Bia Kicis (PL-DF), publica vídeo do casamento de presa no 8 de janeiro!

O que é o programa Remessa Conforme?

Esse decorre de uma iniciativa do Ministério da Fazenda, tendo sido instituído em 1º de agosto. O programa Remessa Conforme isenta de tributos federais, como o imposto de importação, as compras de até US$ 50 (equivalente a pouco mais de R$ 244) realizadas em sites de empresas estrangeiras. Para equilibrar essa isenção, passou a ser recolhido o imposto estadual ICMS, que tem alíquota de 17%, definida pelo Comsefaz (Comitê Nacional de Secretários da Fazenda).

Quais são os benefícios da Shein participar do Remessa Conforme?

- Publicidade -

O benefício para os consumidores, proporcionado pela adesão da Shein ao programa Remessa Conforme, é a ausência do imposto de importação para compras até US$ 50, o que evidencia um estímulo ao consumo e incentiva o crescimento da economia. Além disso, nota-se que 60% do imposto de importação ainda é aplicada para compras acima desse valor.

Quem mais participa deste programa?

O programa Remessa Conforme teve a Sinerlog como única empresa habilitada até então. Outra gigante chinesa, a AliExpress da holding Alibaba, também já solicitou sua participação e aguarda habilitação pelas autoridades competentes.

Este programa busca, acima de tudo, minimizar a evasão fiscal e impulsionar a coleta de tributos. A estimativa é uma arrecadação de aproximadamente R$ 8 bilhões anualmente, conforme expõe o Ministério da Fazenda. Com a participação de mais empresas na lista do Remessa Conforme, melhores são as chances de atingir esse objetivo.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia mais

Horóscopo Do Dinheiro: 5 Signos Que Terão Muita Grana Este Ano BioBoost: A IA do LinkedIn que Potencializa sua Presença nas Redes Sociais Tiktok: Plataforma é banida em mais um país no meio político Chamas da Vingança se Espalham: A Saga de Denzel Washington Continua na Série Original da Netflix Adeus ao Bosque dos Cem Acres: Por que o Novo Filme do Ursinho Pooh está Sendo Retirado das Telonas