- Publicidade -

Desenrola: Leilão de dívidas com participação de 924 empresas se inicia em setembro

0

Nova chance de renegociação de dívidas para faixa de renda mais baixa

- Publicidade -

Chegou a hora da parcela da população brasileira de menor renda respirar aliviada. Bancos, varejistas e companhias de serviços básicos como água, saneamento e energia tiveram até a última terça-feira (12), para aderir ao programa Desenrola e informar as dívidas que estão dispostos a renegociar.

Para a fase atual do programa, a prioridade é renegociar as dívidas dos cidadãos da faixa 1, composta por quem possui renda de até R$ 2.640 (dois salários mínimos) ou está inscrito no Cadastro Único do governo federal (CadÚnico) e possui dívidas de até R$ 5 mil negativadas até o final de dezembro de 2022.

Leia mais:

União é condenada a pagar R$1 milhão por morte brutal de Genivaldo em ação da PRF

- Publicidade -

Deputada Bia Kicis (PL-DF), publica vídeo do casamento de presa no 8 de janeiro!

Como funciona o leilão de débitos da iniciativa Desenrola?

O processo de leilão de débitos é um modelo adotado para garantir a maior flexibilidade na renegociação. As empresas participantes informarão o percentual de desconto que estão dispostas a conceder para cada consumidor em suas dívidas. As empresas que oferecerem os maiores descontos vencem a competição e têm a garantia do programa. Esses leilões serão realizados por categoria de dívida, isto é, um específico para contas de água, outro para contas de luz e mais.

E como vai funcionar a plataforma de renegociação?

A plataforma do governo federal é o elo entre as empresas participantes e os consumidores. Após o término dos leilões, ela disponibilizará uma lista com as dívidas cadastradas pelas empresas e as opções de desconto oferecidas. Os cidadãos poderão acessar a plataforma com seu usuário gov.br e escolher entre pagamento à vista ou a prazo para quitar suas dívidas. A previsão é que a plataforma seja aberta ao público no final de setembro.

- Publicidade -

E quem é da faixa 2, como fica?

Já para a faixa 2 do programa, as negociações começaram em julho e podem ser feitas diretamente com os bancos. No entanto, vale ressaltar que neste caso, é possível renegociar apenas dívidas bancárias, ou seja, dívidas com varejo, prestadoras de serviços como água e luz e outras, não estão inclusas para essa categoria.

Esta é uma oportunidade única para aqueles que desejam regularizar suas finanças e sair do vermelho. Portanto, fique atento aos prazos e condições para aproveitar essa chance!

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia mais

Horóscopo Do Dinheiro: 5 Signos Que Terão Muita Grana Este Ano BioBoost: A IA do LinkedIn que Potencializa sua Presença nas Redes Sociais Tiktok: Plataforma é banida em mais um país no meio político Chamas da Vingança se Espalham: A Saga de Denzel Washington Continua na Série Original da Netflix Adeus ao Bosque dos Cem Acres: Por que o Novo Filme do Ursinho Pooh está Sendo Retirado das Telonas