- Publicidade -

Revelado o maior Pix da história no valor de R$ 1,2 bilhão e as futuras inovações do sistema!

0

O maior Pix da história alcança valores milionários

- Publicidade -

Em dezembro de 2022, o Banco Central do Brasil (BC) revelou o maior Pix já registrado, com um montante milionário. O dado consta no Relatório de Gestão do Pix, divulgado na última segunda-feira (4). O documento apresenta uma análise sobre o funcionamento do sistema de pagamento, que começou a operar em 2020, e revela informações interessantes sobre o método de transferência.

O relatório também aborda as projeções futuras do Pix, destacando o desenvolvimento de tecnologia para viabilizar transações, mesmo quando o usuário não estiver conectado à Internet.

Leia mais:

Deputada Bia Kicis (PL-DF), publica vídeo do casamento de presa no 8 de janeiro!

- Publicidade -

Dançarina de IZA, Mileide Guedes, está desaparecida. Veja o que se sabe sobre o caso

Qual foi o maior Pix já feito? E a média de valor de transferência?

Segundo as informações divulgadas no relatório do BC, a maior transferência realizada via Pix desde a implementação do sistema foi de impresionantes R$ 1,2 bilhão. Esta operação ocorreu em dezembro de 2022, muito além da média geral de transferências, que é de apenas R$ 257. Vale destacar que 93% dos pagamentos realizados através desta modalidade não ultrapassam R$ 200.

Quais as palavras mais usadas nas mensagens do Pix?

O sistema Pix permite que os usuários enviem breves mensagens aos destinatários da transferência. O estudo realizado pelo BC mostra que as palavras mais recorrentes nesses recados são relacionadas ao pagamento de obrigações, a determinados tipos de bens e serviços. Porém, também são registradas mensagens com palavras como “Amor”, “Amo” e nomes próprios.

- Publicidade -

pix
Fonte: CNN

O que o Futuro reserva para o Pix?

Dentre as projeções futuras apresentadas pelo BC para o Pix, destaca-se a inclusão de transações internacionais e a possibilidade de agendar pagamentos recorrentes de forma automática. O lançamento dessas funcionalidades está previsto para 2024. Além disso, está sendo estudada a forma de realizar transações sem conexão à Internet, o que facilitará operações em pedágios e transporte público, por exemplo.

Estão sendo analisadas também alternativas de uso do Pix via tecnologia de aproximação, como NFC, Bluetooth e biometria. Estudos apontam para a possibilidade de autorização de transações por reconhecimento facial e até mesmo a possibilidade do Pix substituir o cartão de crédito, permitindo compras parceladas.

Como alterar o limite do Pix?

Para os usuários que desejam alterar o limite do Pix, essa alteração pode ser realizada através dos aplicativos dos bancos digitais. A definição de um teto diário para o valor das transações não é obrigatória, mas pode trazer mais segurança e controle nas operações instantâneas.

Para alterar o limite do Pix no Nubank, por exemplo, é necessário selecionar a opção “Minha área Pix” e, em seguida, clicar na opção “Configurar Pix”. Na sequência, deve-se tocar na seção “Meu limite Pix”, digitar a senha para prosseguir, inserir o valor diário desejado e clicar em “Definir Limite”. Se o limite for aprovado, o usuário receberá uma mensagem de confirmação.

No caso do banco Itaú e do banco Santander, o procedimento é semelhante, acessando a aba “Pix”, selecionando a opção “Meus limites”, ajustando os limites desejados para transações e configurando as opções de Pix para a mesma titularidade ou para outras pessoas.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia mais

Horóscopo Do Dinheiro: 5 Signos Que Terão Muita Grana Este Ano BioBoost: A IA do LinkedIn que Potencializa sua Presença nas Redes Sociais Tiktok: Plataforma é banida em mais um país no meio político Chamas da Vingança se Espalham: A Saga de Denzel Washington Continua na Série Original da Netflix Adeus ao Bosque dos Cem Acres: Por que o Novo Filme do Ursinho Pooh está Sendo Retirado das Telonas