- Publicidade -

Confissão Chocante: Professor Belga Admite Ser Assassino em Série e Abala Sociedade

0

Assassino em série choca a sociedade belga com confissão surpreendente

- Publicidade -

A tranquila sociedade belga foi abalada por um caso chocante: a confissão de crimes terríveis cometidos por um indivíduo que, até então, parecia ser apenas mais um membro comum da comunidade. Um professor de desenho industrial confessou ser um assassino em série, admitindo ter matado cerca de 15 pessoas e perpetrado diversas agressões sexualmente motivadas durante uma década.

Ronald Janssen, 38 anos, foi preso na última semana suspeito de estar envolvido no assassinato de seus vizinhos, Shana Appeltans, 18 anos, e Kevin Paulus, 20 anos. Os corpos de ambos foram encontrados com marcas de tiros perto da residência da jovem em Halen, no norte da Bélgica. A prisão ocorreu em decorrência de uma investigação que constatou a posse ilegal de armas por parte de Janssen.

Leia mais:

Deputada Bia Kicis (PL-DF), publica vídeo do casamento de presa no 8 de janeiro!

- Publicidade -

Dançarina de IZA, Mileide Guedes, está desaparecida. Veja o que se sabe sobre o caso

O desenrolar da confissão

Após ser confrontado pela polícia com as evidências, Janssen admitiu a autoria dos crimes contra Shana e Kevin. Mais que isso, confessou também o assassinato de Annick Van Uytsel, 18 anos, um caso arquivado desde 2007. Tal confissão foi possível devido à ligação entre o último sinal de celular emitido por Van Uytsel na noite de seu desaparecimento e uma antena próxima à casa de Janssen.

As revelações não pararam por aí. Afirma-se que, durante os interrogatórios, o professor confessou um total de 15 assassinatos por motivos sexuais, além de vários casos de estupro. As vítimas, de acordo com relatos locais, tinham entre 15 e 28 anos e os crimes teriam começado na década de 90, quando Janssen era estudante universitário.

Os pais de Annick deram entrevista depois de confissão de Janssen

- Publicidade -

Como um assassino em série passou despercebido?

“Ele parecia um professor modelo, que se comportava adequadamente com seus alunos”, disse à RTBF o advogado que representou Janssen durante seu processo de divórcio, Jan Lambert. O suspeito, divorciado e pai de duas meninas de 8 e 11 anos, nunca levantou suspeitas entre seus amigos, colegas de trabalho ou estudantes.

Este caso chocante reacendeu o medo na Bélgica, lembrando os crimes de pedofilia e homicídio em série cometidos por Marc Dutroux e Michel Fourniret na década de 90. Agora, enquanto Janssen aguarda julgamento, tanto as autoridades belgas quanto as holandesas trabalham para ligar o professor a outros crimes não resolvidos.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia mais

Horóscopo Do Dinheiro: 5 Signos Que Terão Muita Grana Este Ano BioBoost: A IA do LinkedIn que Potencializa sua Presença nas Redes Sociais Tiktok: Plataforma é banida em mais um país no meio político Chamas da Vingança se Espalham: A Saga de Denzel Washington Continua na Série Original da Netflix Adeus ao Bosque dos Cem Acres: Por que o Novo Filme do Ursinho Pooh está Sendo Retirado das Telonas