- Publicidade -

A história sombria de Alfredo Ballí: A inspiração por trás de Hannibal Lecter

0

Alfredo Ballí era apenas um médico de Monterrey quando ganhou notoriedade por um crime hediondo em 1959.

- Publicidade -

Ele foi, postumamente, identificado como a inspiração por trás de um dos vilões mais icônicos da literatura e do cinema: Hannibal Lecter, criado pelo escritor Thomas Harris.

Leia mais:

Conheça os melhores filmes de terror para maratonar nesse mês de Halloween

O Novo Universo do Cinema de Terror

- Publicidade -

Na época, a cidade de Monterrey, no México, estava abalada por uma série de crimes horrendos, incluindo o assassinato e desmembramento de Jesús Castillo Rangel.

Este crime, em particular, chocou a comunidade não só pela sua brutalidade, mas também pelo responsável – um respeitado e jovem médico.

Fonte: The Telegraph

Quem era o Doutor Salazar?

O jovem e então desconhecido jornalista Thomas Harris teve um encontro casual na prisão estadual de Nuevo León, conhecida como Topo Chico, com um médico identificado como Salazar.

- Publicidade -

A prisão era o local de reclusão do condenado americano Dykes Askew Simmons, figura central de outra reportagem de Harris. Salazar, na verdade, era Alfredo Ballí, que além de atuar como médico na prisão, também cumpria sua pena por homicídio.

O que levou Ballí a cometer o crime?

A motivação por trás do crime brutal de Ballí permanece obscura. Confirmou-se que Ballí tinha um relacionamento amoroso com a vítima, Jesús Castillo Rangel, mas as razões para o crime brutal nunca foram esclarecidas.

O jornalista Diego Enrique Osorno, que investigou o caso anos depois, acredita que pode ter sido um crime passional que ocorreu no contexto conservador da Monterrey dos anos 1950.

A influência de Ballí na criação de Hannibal Lecter

O impacto do encontro de Harris com Ballí na prisão estadual de Topo Chico só se tornaria claro décadas depois, quando Harris revelou em uma reedição de seu romance “O Silêncio dos Inocentes” que Ballí foi a inspiração por trás do Dr. Hannibal Lecter.

O Sgt. Salazar, como Harris se referia a Ballí, não era um lunático comedor de humanos como Hannibal Lecter, mas compartilhava o mesmo tipo de inteligência penetrante e habilidade de se aprofundar na mente dos criminosos desconcertados.

Era um homem de aparência impecável, mantendo uma postura ereta que carregava consigo uma certa elegância, mesmo em meio à brutalidade da prisão.

Um certo tipo de dualidade e complexidade ecoava entre Ballí e Hannibal Lecter, atraindo a fascinação de Harris. Afinal, como pode uma mente tão brilhante ser capaz de cometer esses horrendos crimes de sangue frio?

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia mais

Horóscopo Do Dinheiro: 5 Signos Que Terão Muita Grana Este Ano BioBoost: A IA do LinkedIn que Potencializa sua Presença nas Redes Sociais Tiktok: Plataforma é banida em mais um país no meio político Chamas da Vingança se Espalham: A Saga de Denzel Washington Continua na Série Original da Netflix Adeus ao Bosque dos Cem Acres: Por que o Novo Filme do Ursinho Pooh está Sendo Retirado das Telonas