- Publicidade -

Polêmica no Irã: Parque aquático é fechado por não exigir que mulheres usem o hijab

0

Fechamento de parque aquático em Mashhad, Irã, suscita debates sobre as regras de vestimenta islâmica

- Publicidade -

Desafiando as normas sociais atualmente em vigor, o parque aquático mais popular e um dos maiores do Irã, Mojhaye Khoroushan, fechou suas portas. A decisão veio após a instalação permitir a entrada de mulheres que não usavam o hijab, uma peça de vestuário exigida na República Islâmica desde 1983.

A notícia, divulgada na terça-feira, dia 04/09/2023, pela prestigiada agência de notícias Fars, pegou muitos residentes de surpresa e reforçou a discussão sobre as leis de vestimenta rígida no país. Nas linhas a seguir, você vai entender toda a situação.

Leia mais:

Deputada Bia Kicis (PL-DF), publica vídeo do casamento de presa no 8 de janeiro!

- Publicidade -

Dançarina de IZA, Mileide Guedes, está desaparecida. Veja o que se sabe sobre o caso

Por que o parque foi fechado?

O fechamento do parque aquático sua à contínua implementação rígida das políticas do governo sobre o “hijab” e a “castidade”. Segundo o gerente do parque, Mohammad Babaei, o estabelecimento foi fechado por desrespeito a essas regras, apesar dos avisos dados aos visitantes.

Houve problemas semelhantes recentemente?

A situação é o reflexo dos recentes fechamentos de vários estabelecimentos que supostamente desrespeitaram as rígidas regras de vestimenta. Cafeterias, lojas e restaurantes foram fechados temporariamente por permitirem mulheres sem véu em seu interior.

- Publicidade -

Quais são as implicações desse fechamento?

Os aproximadamente mil empregados do parque estão preocupados com a perda potencial de seus postos de trabalho. Além disso, o ocorrido levanta questões sobre a observação dos direitos das mulheres e o cumprimento do código de vestimenta islâmico no Irã. Com a onda de protestos que ocorreram após a morte de Mahsa Amini, uma jovem de 23 anos que foi detida por desrespeitar o código de vestimenta em setembro de 2022, o problema ganhou ainda mais visibilidade.

Este evento joga luz sobre o crescente descontentamento com as rígidas leis de vestimenta no país e as crescentes violações dessas leis nas grandes cidades. Há um evidente pedido de mudança e a necessidade de um debate aberto e honesto sobre as leis referentes ao uso do véu no Irã. O fechamento do parque aquático Mojhaye Khoroushan pode muito bem ser o início desse diálogo tão necessário.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia mais

Horóscopo Do Dinheiro: 5 Signos Que Terão Muita Grana Este Ano BioBoost: A IA do LinkedIn que Potencializa sua Presença nas Redes Sociais Tiktok: Plataforma é banida em mais um país no meio político Chamas da Vingança se Espalham: A Saga de Denzel Washington Continua na Série Original da Netflix Adeus ao Bosque dos Cem Acres: Por que o Novo Filme do Ursinho Pooh está Sendo Retirado das Telonas