- Publicidade -

Fim do prazo: Resgate do Pis/Pasep esquecido deve ser feito até o próximo sábado

0

A corrida contra o tempo para resgatar o Pis/Pasep tem prazo limite no próximo sábado, dia 5. Cerca de 10 milhões de trabalhadores têm direito ao saque dos R$ 25,4 bilhões que estão “esquecidos” nas contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

- Publicidade -

Leia mais:

Descubra AGORA os critérios para sacar seu abono salarial e as cotas do PIS/Pasep

Descubra se você tem dinheiro esquecido no PIS/PASEP e saiba como sacar

Apesar do avanço da data, até o momento, apenas 513 mil pessoas movimentaram a quantia de cerca de R$ 745 milhões do total.

- Publicidade -

Estes números representam uma situação preocupante, pois muitos trabalhadores podem acabar sem ter acesso aos recursos por falha no acompanhamento do calendário de saques.

PIS/Pasep ; abono salarial
Fonte: FDR

Quem pode sacar o Pis/Pasep?

O saque do Pis/Pasep é destinado aos trabalhadores que contribuíram entre os anos de 1971 e 1988. Caso o contribuinte tenha falecido, seus herdeiros ou beneficiários legais podem fazer o saque que, em média, é de R$ 2.300 complementares. Ao saber que possui direito ao saque, é preciso:

  • Entrar no aplicativo do FGTS;
  • Verificar na primeira página se tem direito ao saque;
  • Caso afirmativo, clicar no ícone que indicará o direito ao saque do Pis/Pasep;
  • Avançar para a próxima página e escolher se quer o depósito direto em conta corrente ou prefere sacar.

- Publicidade -

E se eu optar pelo saque?

Se optar pelo saque, este pode ser feito em uma agência da Caixa Econômica Federal – se for titutar de uma conta – ou em uma das agências Lotéricas, mediante a apresentação de um documento de identificação com foto.

Por que esta é a última oportunidade de saque?

O saque do Pis/Pasep está liberado desde agosto de 2019. A medida foi adotada para busca dinamizar a economia liberando mais recursos para a população. No entanto, após o prazo de resgate, o dinheiro será transferido à União.

Até o ano de 2020, a Caixa Econômica Federal administrava apenas as cotas do Pis destinadas aos trabalhadores do setor privado, enquanto o Banco do Brasil (BB) gerenciava as cotas do Pasep, destinadas a servidores públicos, militares e funcionários de estatais.

Contudo, a Medida Provisória 946, em 2020, acabou com o fundo do PIS/PASEP e transferiu todos os recursos para o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), unificando todo o saque na Caixa.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia mais

Horóscopo Do Dinheiro: 5 Signos Que Terão Muita Grana Este Ano BioBoost: A IA do LinkedIn que Potencializa sua Presença nas Redes Sociais Tiktok: Plataforma é banida em mais um país no meio político Chamas da Vingança se Espalham: A Saga de Denzel Washington Continua na Série Original da Netflix Adeus ao Bosque dos Cem Acres: Por que o Novo Filme do Ursinho Pooh está Sendo Retirado das Telonas