- Publicidade -

Lula passa por cirurgia no quadril: Saiba tudo sobre o procedimento médico

0

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi submetido a um procedimento médico na quarta-feira (26) no Hospital Sírio-Libanês em Brasília, com o objetivo de aliviar as dores que ele vinha sentindo no quadril.

- Publicidade -

No domingo (24), durante sua estadia em São Paulo, ele consultou o médico Dr. Roberto Kalil Filho para realizar uma punção a fim de aliviar a dor. Já na quarta-feira (26), ele passou por outro procedimento médico no Hospital Sírio-Libanês em Brasília para buscar alívio para o mesmo problema. Saiba mais!

Lula realizou o procedimento de “denervação percutânea”

A percepção consciente de dor ocorre por meio de um processo que envolve o estímulo de nervos no corpo. Quando ocorre um dano ou lesão nos tecidos do corpo, como a pele, músculos ou órgãos internos, receptores de dor, chamados nociceptores, são ativados.

Leia mais:

- Publicidade -

Bolsonaristas apresentam quatro projetos para anular decreto de Lula sobre armas

Lula dá nova vida ao programa Mais Médicos

A gente tem alguns nervos que existem próximos às articulações que são “sensitivos profundos”, e a gente pode interromper o sinal que passa por eles. Esse é o processo de denervação, disse Leandro Ejnisman, médico ortopedista, especializado em quadril.

Segundo Ejnisman, há várias formas de interromper os nervos, como radiofrequência, queimadura elétrica, uso de medicamentos ou até mesmo congelamento dos nervos. No entanto, o comunicado do Palácio do Planalto não especificou o método utilizado no quadril de Lula.

Como esses nervos estão próximos da articulação e só tem a função de levar a enervação para a articulação, essa interrupção do estímulo nervoso não vai causar problemas como o paciente deixar de estimular um músculo, ou deixar de ter uma sensibilidade na perna, disse o ortopedista.

- Publicidade -

Segundo o médico, esse procedimento consiste em bloquear o estímulo dos nervos que levam a sensação de dor de uma articulação ao cérebro, mas sem afetar a sensibilidade da pele ou os movimentos da articulação.

Em outras palavras, a pessoa ainda será capaz de sentir o toque na pele e mover normalmente a articulação, mas não sentirá a dor associada a ela.

De acordo com o comunicado do Planalto, espera-se que Lula se submeta a uma cirurgia de substituição do quadril, chamada artroplastia, em outubro. Essa cirurgia tem o objetivo de proporcionar uma solução definitiva para o alívio das dores que ele vem enfrentando.

Eu quero fazer a cirurgia, porque eu não quero ficar com dor. Ninguém consegue trabalhar com dor o dia inteiro. Eu sinto que estou com mau-humor com os companheiros. Quando eu coloco o pé no chão já dói e eu tenho que falar ‘bom dia’ e às vezes eu não consigo. Às vezes fica visível no meu rosto que eu estou irritado, que eu estou nervoso. Você vai ficando uma pessoa, chata, incômoda. Então, eu tô chegando a conclusão que eu tenho que operar, disse Lula em uma das suas lives.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia mais

Horóscopo Do Dinheiro: 5 Signos Que Terão Muita Grana Este Ano BioBoost: A IA do LinkedIn que Potencializa sua Presença nas Redes Sociais Tiktok: Plataforma é banida em mais um país no meio político Chamas da Vingança se Espalham: A Saga de Denzel Washington Continua na Série Original da Netflix Adeus ao Bosque dos Cem Acres: Por que o Novo Filme do Ursinho Pooh está Sendo Retirado das Telonas