- Publicidade -

Paisagem digna da Barbie: Por que estes lagos são cor-de-rosa?

0

A Austrália é lar de seis deslumbrantes “lagos da Barbie”, locais naturais com tonalidade cor-de-rosa que parecem ter saído diretamente do mundo da famosa boneca.

- Publicidade -

Leia mais:

Bratz X Barbie: A batalha bilionária que abalou o mundo dos brinquedos

O mais famoso deles é o Lago Hillier, localizado em Middle Island, parte do arquipélago de Recherche, no oeste do país. Outros igualmente impressionantes são o Field of Pink Lakes, Pink Lake, Quairading Pink Lake, Hutt Lagoon e Lake Tyrrell.

- Publicidade -

Esses lagos cor-de-rosa também podem ser encontrados em outras partes do mundo, como o Lago Masazirgol no Azerbaijão, Las Coloradas no México, Lago Retba no Senegal, Dusty Rose Lake no Canadá, Salina de Torrevieja na Espanha, o Great Salt Lake nos Estados Unidos e a Laguna Colorada na Bolívia.

No entanto, é importante destacar que alguns desses lagos exibem a cor rosa de forma permanente, enquanto outros a apresentam apenas em determinadas épocas do ano.

Porque esses lagos são rosa?

A explicação para esse fenômeno mágico reside na presença de organismos unicelulares distintos, que habitam locais com elevada concentração de sal (como a maioria dos lagos rosados) e possuem pigmentos em suas células.

Um desses pigmentos é o betacaroteno, que pode apresentar tons de laranja, vermelho e, é claro, rosa. A professora doutora Ana Lúcia Brandimarte, especialista do Departamento de Ecologia do Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo, ressalta que a cor rosa nos lagos é resultado da presença abundante de organismos contendo betacaroteno, especialmente a alga Dunaliella salina, que contribui significativamente para essa coloração.

- Publicidade -

Além disso, bactérias e outros microrganismos que possuem pigmentos similares também podem contribuir para o fenômeno.

Entretanto, há uma exceção interessante entre os lagos mencionados: o Dusty Rose, no Canadá. Ao contrário dos outros, esse lago é de água doce e não abriga as algas e bactérias responsáveis pela pigmentação rosada.

Sua coloração peculiar deriva dos minerais presentes nas rochas da região, que conferem ao lago a tonalidade rosa quando a água derretida das geleiras arrasta essas partículas.

Embora a beleza desses lagos cor-de-rosa seja encantadora, é natural surgir a dúvida sobre a possibilidade de crimes ambientais envolvidos em sua formação.

No entanto, a ecóloga esclarece que, nos casos citados, não há ação humana deliberada para essa coloração. Os “lagos da Barbie” são resultado de fenômenos naturais, e não de atividades humanas prejudiciais ao meio ambiente.

Ao contrário disso, a intervenção humana indevida pode, sim, ser prejudicial à natureza, como foi o caso de um homem que tingiu a água de um lago no Brasil com corante azul durante um evento de revelação do sexo de um bebê.

Essa ação foi considerada uma infração ambiental e gerou consequências legais para o responsável.

Em suma, a coloração cor-de-rosa desses lagos é um verdadeiro espetáculo da natureza, resultado da interação entre organismos unicelulares e condições ambientais específicas.

A contemplação dessas paisagens é uma experiência única, desde que seja feita de forma responsável e sem prejudicar o delicado equilíbrio ecológico desses ecossistemas fascinantes.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia mais

Horóscopo Do Dinheiro: 5 Signos Que Terão Muita Grana Este Ano BioBoost: A IA do LinkedIn que Potencializa sua Presença nas Redes Sociais Tiktok: Plataforma é banida em mais um país no meio político Chamas da Vingança se Espalham: A Saga de Denzel Washington Continua na Série Original da Netflix Adeus ao Bosque dos Cem Acres: Por que o Novo Filme do Ursinho Pooh está Sendo Retirado das Telonas