- Publicidade -

Reviravolta decisiva: Gilmar Mendes decreta retorno e Monique Medeiros volta à prisão no Caso Henry

0

Na última quarta-feira (5), o ministro Gilmar Mendes, membro do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que Monique Medeiros, retornasse a prisão devido a morte de seu filho Henry Borel.

- Publicidade -

Henry Borel tinha apenas de 4 anos quando faleceu em março de 2021. O crime ganhou grande atenção e repercussão no país. Monique Medeiros, sua mãe, e o então namorado dela, o vereador Dr. Jairinho, são os acusados ​​pelo crime. Saiba mais!

Leia mais:

Linha Direta exibe cenas inéditas do caso Henry Borel e causa polêmica

Allison Mack, ex-atriz de Smallville e pertencente a uma seita de abuso sexual, é liberada da prisão

- Publicidade -

Monique Medeiros retornou à prisão

Monique Medeiros retornou a prisão nesta quinta-feira (6), após o ministro Gilmar Mendes analisar um recurso dos advogados do pai da criança, Leniel Borel. O recurso foi feito após a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que revogou a prisão preventiva da acusada em agosto de 2022.

Foto: Reprodução/Metropoles

De acordo com depoimentos divulgados pela polícia, Henry foi encontrado morto em seu quarto, no apartamento onde morava com a mãe e o padrasto, na cidade do Rio de Janeiro. A princípio, a morte foi tratada como um acidente doméstico, mas posteriormente houve suspeitas de que o caso poderia ser um homicídio.

Após a conclusão da investigação mais aprofundada, Monique Medeiros e Dr. Jairinho foram presos preventivamente e acusados ​​pela morte de Henry. O laudo médico constatou que o menino sofreu diversas lesões graves no corpo, indicando sinais de violência física.

- Publicidade -

A prisão preventiva é decretada com base em indícios de autoria ou participação no crime, assim como a gravidade dos fatos e a necessidade de garantir a ordem pública e a continuidade das investigações.

A decisão sobre a autoria e a culpabilidade em um caso como esse é geralmente estabelecida por meio de um julgamento em júri popular.

O júri popular é um órgão do Poder Judiciário responsável por julgar crimes dolosos contra a vida (homicídios, por exemplo) e outros crimes. Ele é composto por um conjunto de cidadãos leigos, chamados de jurados, que são selecionados de forma aleatória a partir de uma lista de candidatos.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia mais

Horóscopo Do Dinheiro: 5 Signos Que Terão Muita Grana Este Ano BioBoost: A IA do LinkedIn que Potencializa sua Presença nas Redes Sociais Tiktok: Plataforma é banida em mais um país no meio político Chamas da Vingança se Espalham: A Saga de Denzel Washington Continua na Série Original da Netflix Adeus ao Bosque dos Cem Acres: Por que o Novo Filme do Ursinho Pooh está Sendo Retirado das Telonas