- Publicidade -

Junho é o mês do Orgulho LGBTQIAP+, conheça 5 filmes disponíveis na Netflix que debatem o tema

0

Na última quarta-feira (28), foi comemorado o Dia Mundial do Orgulho LGBTQIAP+. Apesar de desafiar as crenças de muitos, é importante reconhecer que pessoas LGBTQIAP+ têm sido uma parte integral da humanidade por milhares de anos.

- Publicidade -

Embora a comunidade LGBTQIAP+ tenha adotado sua sigla apenas recentemente, sua união e luta datam de séculos atrás.

Um dos eventos históricos que marcou profundamente a trajetória dessa comunidade foi a Rebelião de Stonewall. Esse movimento representou um ato de resistência e defesa violenta por parte de grupos LGBTQIAP+ contra a opressão que haviam sofrido no bar Stonewall Inn, localizado em Nova York.

Leia mais:

Descubra por que junho é o mês do orgulho LGBTQIAP+

- Publicidade -

Novo RG não terá campo ‘sexo’: Passo gigante na inclusão LGBTQIAP+

O ataque e a represália LGBTQIAP+ aconteceram no dia 28 de junho de 1969, levando a uma série de mudanças nas leis nos Estados Unidos. A partir de então, o dia 28 de junho passou a ser conhecido como o Dia Mundial do Orgulho LGBTQIAP+.

Pensando nisso, para aqueles que desejam conhecer mais sobre a história da comunidade e representações da mesma, esta lista conta com cinco dicas de filmes imperdíveis encontrados no streaming da Netflix.

5 filmes LGBTQIAP+ na Netflix

Hoje Eu Quero Voltar Sozinho – 2014

- Publicidade -

Um dos filmes nacionais é o belo, ‘Hoje Eu Quero Voltar Sozinho’ de 2014. O longa acompanha a história de ‘Leonardo’, um menino cego que precisa lidar com sua mãe superprotetora enquanto ele quer viver sua vida.

Para mexer ainda mais com sua vida, ‘Leonardo’ conhece o jovem ‘Gabriel’ que mudou-se a pouco para sua cidade, agora ‘Leonardo’ precisa compreender que sentimentos são esses enquanto lida com as dificuldades de crescer e buscar independência.

Tatuagem – 2013

‘Tatuagem’ é outra obra nacional, porém é ambientada em um outro período da história brasileira. Em 1978 durante a repressão da ditadura militar, ‘Clécio’ é o líder de um grupo teatral conhecido como ‘Chão de Estrelas’ o qual realiza apresentações artísticas fora do “padrão” e da lei da época.

É com essa trupe que o soldado ‘Fininha’ acaba encontrando um romance inesperado, apaixonando-se por ‘Clécio’ e para trupe, enquanto necessita lidar com os horrores da ditadura. 

Uma Mulher Fantástica – 2017

Saindo das produções brasileiras, ‘Uma Mulher Fantástica’ parte para outro aspecto da comunidade LGBTQIAP+. Nesta história o espectador acompanha a trama de ‘Marina’ uma garçonete trans que sonha em tornar-se uma cantora.

Porém toda sua vida muda quando seu namorado acaba sofrendo um acidente e falecendo. A partir daí todos começam a duvidar do relacionamento de ambos, além de taxá-la como a culpada pelo acontecimento.

‘Uma Mulher Fantástica’ foi o filme ganhador do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro no ano em que foi lançado. 

The Boys in The Band – 2020

‘The Boys in The Band’ é a adaptação de uma peça de 1970 que conta a história de um grupo de sete amigos em uma festa de aniversário no ano de 1968.

À primeira vista parece ser simplesmente uma festa de aniversário comum, porém aos poucos segredos, problemas e histórias passadas passam a retornar e confrontar o grupo.

Elisa y Marcela – 2020

O casamento LGBTQIAP+ só passou a ser permitido legislativamente a poucos anos em muitos países, ainda que uma grande quantidade ainda trata a prática como ilegal. Porém, em 1910 essa era uma prática não apenas ilegal, mas também considerada inconcebível.

Ainda assim, esta trama conta a história real de Elisa Sanchez Loriga e Marcela Gracia Ibeas, duas mulheres que através de documentos falsificados foram as responsáveis pelo primeiro casamento LGBTQIAP+ na Europa. 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia mais

Horóscopo Do Dinheiro: 5 Signos Que Terão Muita Grana Este Ano BioBoost: A IA do LinkedIn que Potencializa sua Presença nas Redes Sociais Tiktok: Plataforma é banida em mais um país no meio político Chamas da Vingança se Espalham: A Saga de Denzel Washington Continua na Série Original da Netflix Adeus ao Bosque dos Cem Acres: Por que o Novo Filme do Ursinho Pooh está Sendo Retirado das Telonas