- Publicidade -

Pesquisa revela que Brasil é líder em vítimas de golpes por meio de WhatsApp

0

O WhatsApp se tornou uma das plataformas de comunicação mais populares do Brasil, com milhões de usuários que a utilizam diariamente para trocar mensagens, compartilhar informações e até mesmo realizar transações financeiras.

- Publicidade -

Infelizmente, essa popularidade também atraiu a atenção de golpistas e criminosos virtuais, que encontraram no aplicativo uma maneira eficaz de aplicar golpes e enganar pessoas.

Leia mais:

Alerta Pix: Caiu No Golpe? Saiba Como Agir E Recuperar Seu Dinheiro!

De acordo com uma pesquisa recente, realizada por especialistas em segurança cibernética, o Brasil ocupa o triste posto de líder no número de golpes aplicados pelo WhatsApp.

- Publicidade -

Os resultados revelam uma preocupante realidade em que os brasileiros estão expostos a um alto risco de serem vítimas de fraudes e ataques virtuais.

Uma pesquisa realizada pela empresa de segurança digital Kaspersky revelou que o Brasil ocupa o primeiro lugar em golpes de pishing (técnica usada por criminosos para obter senhas e dados bancários de usuários do aplicativo de mensagens).

Geralmente os golpes são aplicados por meio do WhatsApp, mas segundo o estudo, eles também podem acontecer em redes sociais como Instagram, Facebook e Telegram. De acordo com o relatório divulgado pela Kaspersky, mais de 76 milhões de tentativas de invasão foram registradas pelo recurso de antivírus da empresa de segurança digital.

Apesar dessas plataformas estarem nas mãos de milhões de usuários, nem todos sabem as maneiras corretas para tentarem se proteger de golpes virtuais. Assim, estão à mercê de quadrilhas especializadas nesses tipos de crimes.

WhatsApp
Imagem: Reprodução/Olhar Digital

- Publicidade -

Além do Whatsapp, golpes também são aplicados por SMS

Além do WhatsApp e redes sociais, os SMS’s também são alvos de golpistas. Geralmente os grupos maliciosos enviam mensagens ao números de celulares com links como ofertas de emprego ou até mesmo um link para uma encomenda que está a caminho.

Assim, quando os usuários acessam os links enviados, os golpistas têm acesso livre ao aparelho celular, inclusive à contas bancárias.

Para evitar cair nesse tipo de invasão digital é importante estar atento a algumas dicas de segurança virtual. Confira algumas delas abaixo:

01. Desconfie de mensagens suspeitas: Esteja atento a mensagens não solicitadas, links desconhecidos, ofertas muito boas para serem verdadeiras e solicitações de informações pessoais ou financeiras.

02. Verifique a autenticidade das mensagens: Sempre verifique cuidadosamente se a mensagem foi realmente enviada por um contato confiável.

Entre em contato com a pessoa por meio de outro canal para confirmar a veracidade da mensagem, especialmente se ela parecer incomum ou solicitar ações urgentes.

03. Ative a autenticação em dois fatores: Ative a autenticação em dois fatores (2FA) para adicionar uma camada extra de segurança ao seu WhatsApp ou outras redes sociais. Isso exigirá um código adicional ao fazer login, além da senha.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia mais

Horóscopo Do Dinheiro: 5 Signos Que Terão Muita Grana Este Ano BioBoost: A IA do LinkedIn que Potencializa sua Presença nas Redes Sociais Tiktok: Plataforma é banida em mais um país no meio político Chamas da Vingança se Espalham: A Saga de Denzel Washington Continua na Série Original da Netflix Adeus ao Bosque dos Cem Acres: Por que o Novo Filme do Ursinho Pooh está Sendo Retirado das Telonas