- Publicidade -

Operação Mamon: desmantelado esquema de lavagem de dinheiro envolvendo igreja, rádio e suspeitos de tráfico e estelionato

0

No dia 30 de maio de 2023, uma grande operação contra uma rede nacional de lavagem de dinheiro foi deflagrada em Vespasiano, região metropolitana de Belo Horizonte, além de outros quatro estados.

- Publicidade -

A Operação Mamon, realizada pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e pela Polícia Civil, teve como alvos em Vespasiano uma igreja evangélica, uma rádio evangélica e uma empresa de eletrônicos.

Leia mais:

Alerta Pix: Caiu no golpe? Saiba como agir e recuperar seu dinheiro! 

A ação teve como objetivo cumprir oito mandados de busca e apreensão, além de sequestrar veículos e bloquear R$ 170 milhões em contas bancárias de diferentes suspeitos.

- Publicidade -

A investigação busca desarticular uma rede criminosa que movimentou cerca de R$ 6,7 bilhões nos últimos cinco anos, com suspeita de envolvimento de centenas de pessoas atuando na “lavagem” de dinheiro proveniente de crimes como tráfico de drogas, falsidade ideológica e estelionato.

Fonte: G1 – Globo

O que está por trás da Operação Mamon?

A Operação Mamon atua em uma rede criminosa que se estende por diversos estados do Brasil e, além de Vespasiano, teve mandados cumpridos em Araguaína (Tocantins), Guaianases (São Paulo), Jequiá da Praia (Alagoas), Santana (Amapá) e na capital paulista.

O termo “mamon” é de origem aramaica e representa originalmente o conceito de “dinheiro”, passando a simbolizar uma divindade síria ligada à riqueza, posteriormente adotada pelos cristãos como demônio representante do pecado da avareza, sendo um dos sete príncipes do inferno.

- Publicidade -

Como a operação atua em Vespasiano?

Segundo o promotor Gabriel Mendonça, do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), as investigações tiveram início há cerca de dois anos, a partir de movimentações financeiras atípicas.

Os alvos em Vespasiano incluíram uma igreja evangélica, uma rádio evangélica e uma empresa de produtos eletrônicos, onde foram apreendidos aparelhos celulares, tablets e documentos diversos, como extratos bancários e cadernetas com anotações de doações à igreja.

Quais são os próximos passos da operação?

Com base nos documentos e objetos apreendidos durante as ações, o MPMG e a Polícia Civil continuarão investigando o caso, buscando identificar tanto os envolvidos na rede de lavagem de dinheiro quanto os autores dos crimes variados que contratam o serviço ilícito.

As investigações apontam inclusive para movimentações financeiras envolvendo o PCC, maior organização criminosa do Brasil.

Essa rede criminosa possui um contorno no estado de Minas Gerais, mas está espalhada por vários estados.

O dinheiro transita por diversas empresas no país, e o objetivo da operação é arrecadar documentos e aparelhos eletrônicos para identificar melhor o trânsito do dinheiro e desvendar a organização criminosa, como mencionou o promotor Gabriel Mendonça.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia mais

Horóscopo Do Dinheiro: 5 Signos Que Terão Muita Grana Este Ano BioBoost: A IA do LinkedIn que Potencializa sua Presença nas Redes Sociais Tiktok: Plataforma é banida em mais um país no meio político Chamas da Vingança se Espalham: A Saga de Denzel Washington Continua na Série Original da Netflix Adeus ao Bosque dos Cem Acres: Por que o Novo Filme do Ursinho Pooh está Sendo Retirado das Telonas