- Publicidade -

Influenza aviária: Governo anuncia medidas de emergência

0

Influenza aviária no Brasil: Emergência zoosanitária decretada, medidas adotadas e indústria avícola segura. Consumo de aves e ovos garantido.

- Publicidade -

O Ministério da Agricultura e Pecuária declarou, na última segunda-feira, um estado de emergência zoosanitária em todo o país, após a identificação de novos casos do vírus da influenza aviária de alta patogenicidade (H5N1) em aves silvestres.

Leia mais:

Ovo de galinha pode entrar em falta no Brasil? Confira.

A medida tem duração prevista de 180 dias, podendo ser prorrogada por tempo indeterminado, caso necessário.

- Publicidade -

No fim de semana, foram confirmados mais dois casos da doença, aumentando o total para cinco ocorrências em aves silvestres.

ovo de galinha ; influenza aviária
Fonte: Meio Norte

No entanto, nenhum caso foi registrado em humanos. Os primeiros casos foram identificados no Espírito Santo, e as novas ocorrências aconteceram no estado do Rio de Janeiro.

Quais são as ações do governo contra a influenza aviária?

O governo federal criará um Comitê de Organização de Emergência, que atuará no Ministério com o objetivo de unir esforços entre todos os entes da federação para intensificar a vigilância e o combate à doença.

- Publicidade -

Anteriormente, já havia sido proibida a realização de feiras de exposição de aves, como forma de prevenção ao surgimento de novos casos.

Quais são as recomendações para a população?

De acordo com o ministro da Agricultura, Carlos Favaro, a população não precisa se preocupar e pode continuar consumindo carne e ovos de aves sem problemas.

Porém, é importante evitar o contato direto com aves mortas e acionar as autoridades competentes caso encontre algum animal nessas condições.

Como a situação afeta a indústria e o comércio?

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) destacou, em comunicado, que os focos identificados são de aves silvestres e não devem causar impacto nas exportações do setor, já que o Brasil segue reconhecido como país livre da enfermidade perante a Organização Mundial de Saúde Animal (OMSA).

A entidade ressaltou que não há qualquer risco ao abastecimento de produtos nem ao consumo dos mesmos, de acordo com os órgãos de saúde internacionais.

Embora o cenário atual seja preocupante, as ações do governo e das autoridades competentes visam conter a propagação do vírus da influenza aviária e, assim, garantir a segurança da população e da indústria avícola nacional.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia mais

Horóscopo Do Dinheiro: 5 Signos Que Terão Muita Grana Este Ano BioBoost: A IA do LinkedIn que Potencializa sua Presença nas Redes Sociais Tiktok: Plataforma é banida em mais um país no meio político Chamas da Vingança se Espalham: A Saga de Denzel Washington Continua na Série Original da Netflix Adeus ao Bosque dos Cem Acres: Por que o Novo Filme do Ursinho Pooh está Sendo Retirado das Telonas