- Publicidade -

Brasileiros estão se mudando para o Paraguai; entenda o motivo

0

O Brasil e o Paraguai têm uma relação histórica e cultural bastante próxima. Essa relação acaba refletindo na presença de brasileiros no país vizinho em diversas áreas, incluindo a carreira universitária. Nos últimos anos, houve um aumento significativo no número de estudantes brasileiros que escolhem universidades no Paraguai para cursar graduações, especialmente na área da saúde, como medicina e odontologia.

- Publicidade -

Felipe Monteiro, 24 anos, cursa o quinto ano da faculdade de Medicina no Paraguai. Sua cidade Natal é Mazagão, no Amapá. Ao saber que um conterrâneo havia estudado Medicina no Paraguai e hoje exerce a profissão no Brasil, ele também decidiu investir na profissão. Quase a totalidade entre os universitários de Medicina nas faculdades de Paraguai são brasileiros.

“Na minha sala, somos 80 alunos e só 2 são paraguaios. Tem aluno de Santa Catarina, do Rio de Janeiro, de Rondônia, do Acre, do Amazonas”, disse Monteiro em entrevista.

Afinal, o que tem motivado esse fenômeno? Alguns dos fatores que contribuem para isso é a qualidade do ensino, a proximidade geográfica e a possibilidade de pagar mensalidades mais acessíveis em relação às universidades brasileiras.

Segundo os dados mais recentes do Itamaraty, o Paraguai é o primeiro destino dos imigrantes brasileiros na América Latina. Estimasse que cerca de 246 mil brasileiros estão presentes no país. Os dados mostram quase 30 mil brasileiros a mais vivendo no país vizinho do que em 2016.

- Publicidade -

Além dos estudantes, há também professores e investigadores brasileiros que cursam instituições de ensino superior no Paraguai, e que desejam o desenvolvimento acadêmico e científico do país.

Preço da universidade e o custo de vida no Paraguai

Felipe Monteiro explica que o preço da universidade e o custo de vida no Paraguai foram os motivos para cursar medicina no país.

“Tenho uma prima que estuda Medicina em uma universidade particular em Belém e paga mensalidade de R$ 8 mil reais. Aqui, comecei pagando R$ 1,2 mil e, agora, são R$ 1,9 mil, porque há um aumento anual à medida que passamos de ano. Mas é acessível”, diz o estudante Felipe Monteiro.

De acordo com o Conselho Nacional de Educação Superior (Cones), responsável pela educação universitária no Paraguai, cerca de 30 mil estudantes estudam Medicina nas universidades públicas e privadas paraguaias”. Desse total, 95% a 97% seriam de origem brasileira.

- Publicidade -

No entanto, vale ressaltar que a presença brasileira no Paraguai não se limita à carreira universitária. Há uma forte presença de brasileiros em diversos setores da economia, incluindo comércio, indústria e agricultura, além de uma grande comunidade de brasileiros que escolhem o país para viver e trabalhar.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia mais

Horóscopo Do Dinheiro: 5 Signos Que Terão Muita Grana Este Ano BioBoost: A IA do LinkedIn que Potencializa sua Presença nas Redes Sociais Tiktok: Plataforma é banida em mais um país no meio político Chamas da Vingança se Espalham: A Saga de Denzel Washington Continua na Série Original da Netflix Adeus ao Bosque dos Cem Acres: Por que o Novo Filme do Ursinho Pooh está Sendo Retirado das Telonas