- Publicidade -

Retificação da declaração do Imposto de Renda: aprenda como emitir a versão corrigida

0

Errou ao declarar o seu Imposto de Renda e não sabe o que fazer? Não se preocupe, nós te ensinamos a otimizar sua declaração e evitar autuações fiscais!

- Publicidade -

A temporada de Imposto de Renda já está em andamento, com o envio das declarações sendo liberado desde o dia 15 de março e o prazo final para a entrega sendo até o dia 31 de maio.

É fundamental que os contribuintes estejam atentos e reúnam corretamente os documentos necessários para evitar a temida versão retificada.

Imposto de Renda ; IPVA
Fonte: Olhar Digital

Hoje, vamos abordar a importância de preencher corretamente a declaração de Imposto de Renda, destacando a necessidade de reunir a documentação adequada, e como emitir uma versão retificada, caso seja necessário corrigir informações imprecisas ou incompletas.

- Publicidade -

Afinal, uma declaração precisa e completa é essencial para evitar multas, juros e outras penalidades impostas pela Receita Federal.

Quem deve fazer a declaração do Imposto de Renda?

Essas são algumas das situações que podem tornar uma pessoa obrigada a fazer a declaração do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) de acordo com as regras vigentes para o ano-calendário de 2021.

  1. Rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2021;
  2. Rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma seja superior a R$ 40.000,00;
  3. Receita bruta anual de atividade rural acima de R$ 142.798,50;
  4. Posse ou propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300.000,00 em 31 de dezembro de 2021;
  5. Ganhos de capital na venda de bens ou direitos sujeitos à incidência do Imposto de Renda;
  6. Realização de operações em bolsa de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;
  7. Opção pela isenção do imposto sobre o ganho de capital auferido na venda de imóveis residenciais;
  8. Condição de residente no Brasil em qualquer mês do ano-calendário e que se encontrava nessa situação em 31 de dezembro de 2021.

É importante lembrar que as regras do Imposto de Renda estão sujeitas a alterações anuais por parte da Receita Federal, e é fundamental consultar as informações atualizadas no site oficial do órgão ou buscar orientação de um contador ou profissional especializado para garantir o cumprimento correto das obrigações fiscais.

- Publicidade -

Principais erros na hora da declaração

Esses são alguns exemplos de possíveis erros ou omissões que podem ocorrer ao fazer a declaração do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF).

  1. Problemas de digitação: Erros de digitação ao informar valores ou números de CPF/CNPJ podem causar inconsistências na declaração e levar a problemas com a Receita Federal. É importante revisar cuidadosamente todas as informações digitadas antes de enviar a declaração.
  2. Omissão de rendimentos com aluguel: É fundamental informar corretamente todos os rendimentos recebidos, incluindo os provenientes de aluguéis de imóveis. A omissão desses rendimentos pode ser identificada pela Receita Federal e resultar em autuação e aplicação de multas.
  3. Declaração de rendimento na ficha errada: É importante selecionar corretamente a ficha correspondente ao tipo de rendimento recebido. Erros nesse sentido podem levar a inconsistências na declaração e gerar problemas com a Receita Federal.
  4. Não informar rendimento de dependentes: Caso você tenha dependentes e estes tenham tido rendimentos tributáveis em 2021, é necessário informá-los corretamente na declaração, incluindo os valores recebidos. A omissão desses rendimentos pode levar a problemas com a Receita Federal.
  5. Confundir dependente e alimentando: É importante entender a diferença entre dependente e alimentando para fins de dedução no Imposto de Renda. Dependentes são aqueles que se enquadram nas regras estabelecidas pela Receita Federal, enquanto alimentandos são aqueles que recebem pensão alimentícia. Confundir esses conceitos pode levar a erros na declaração.

Declaração do Imposto de Renda retificadora

  1. Acesse o site oficial da Receita Federal do Brasil em https://www.gov.br/receitafederal/pt-br e busque pela opção de download do programa de declaração do Imposto de Renda retificadora correspondente ao ano-calendário da declaração que você deseja retificar.
  2. Faça o download do programa de declaração retificadora e instale-o em seu computador, seguindo as instruções fornecidas pela Receita Federal.
  3. Abra o programa de declaração retificadora instalado em seu computador e selecione a opção “Declaração Retificadora” para iniciar o processo de retificação.
  4. Informe o número da declaração original que você deseja retificar. Esse número pode ser encontrado na declaração original, no recibo de entrega ou na sua própria declaração retificadora anterior.
  5. Faça as correções necessárias na declaração retificadora, incluindo a adição de informações que foram esquecidas ou a correção de informações incorretas.
  6. Após fazer todas as correções necessárias, salve a declaração retificadora no seu computador, utilizando a opção de salvar disponível no programa.
  7. Após salvar a declaração retificadora, utilize a opção de envio disponível no programa para transmitir a declaração retificadora para a Receita Federal.

É importante lembrar que a declaração retificadora deve ser feita com cuidado, revisando todas as informações com atenção para evitar erros e inconsistências.

Caso você tenha dúvidas sobre o processo de retificação da declaração do Imposto de Renda, é recomendado buscar o auxílio de um contador ou consultar o site oficial da Receita Federal para obter informações detalhadas e atualizadas.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia mais

Horóscopo Do Dinheiro: 5 Signos Que Terão Muita Grana Este Ano BioBoost: A IA do LinkedIn que Potencializa sua Presença nas Redes Sociais Tiktok: Plataforma é banida em mais um país no meio político Chamas da Vingança se Espalham: A Saga de Denzel Washington Continua na Série Original da Netflix Adeus ao Bosque dos Cem Acres: Por que o Novo Filme do Ursinho Pooh está Sendo Retirado das Telonas