- Publicidade -

Sequestro de Silvio Santos e Patrícia Abravanel irá completar 12 anos. O que sabemos sobre o caso?

0

A filha de Silvio Santos, Patrícia Abravanel, foi interceptada por dois falsos funcionários dos correios. O Brasil acompanhou o sequestro que aconteceu em agosto de 2001, enquanto Patrícia estava a caminho da faculdade.

- Publicidade -

Os dois homens que estavam usando roupa dos correios, soltaram Patrícia Abravanel após o pagamento de R$500 mil reais pelo resgate, porém, fizeram novamente o próprio Silvio Santos de refém.

O caso voltou a tona após a série “O Rei da TV” retratar a história de Silvio Santos, o episódio que relembra esse acontecimento se encontra na segunda temporada disponível na plataforma Star+.

Relembre alguns fatos curiosos sobre o caso

Os dois homens criminosos que estavam disfarçados de carteiros, com roupa dos correios, tocaram a campainha da casa de Silvio Santos, aproximadamente 8 horas da manhã de 21 de agosto de 2001.

- Publicidade -

Após terem a permissão para deixar a suposta encomenda na guarita, os criminosos dominaram o vigilante e avisaram para mais quatro homens em seguida que estavam próximo a entrada em um carro prata.

Os criminosos abordaram a Patrícia Abravanel e ficaram com ela sendo refém durante 1 semana.

A namorada de um dos sequestradores, que também teve participação no crime, com a identificação de Fernanda dos Santos, conhecida também como Jenifer, se entregou poucas horas depois.

A criminosa Jenifer (ou Fernanda dos Santos), se entregou aos policiais em prantos, e afirmou estar arrependida, além de que matar a Patrícia Abravanel não fazia parte dos planos dos criminosos.

O sequestrador Fernando Dutra Pinto foi o grande responsável pelo sequestro e também, pela liberação de Patrícia Abravanel, além de poucas horas depois, ter feito o próprio Silvio Santos de refém.

- Publicidade -

Ele foi preso pelo crime e morreu 5 meses depois na prisão ao contrair uma infecção em um corte nas costas. De acordo com colegas de cela, ele foi espancado e não obteve atendimento médico de forma adequada.

Além disso, o laudo médico prescreveu o motivo da morte de pneumonia bilateral, que é causada por uma bactéria.

Na época, o valor do resgate foi divulgado sendo o valor de R$500 mil reais, porém, nunca foi confirmado o valor exato.

Durante o sequestro de Patrícia, Silvio Santos ligou para o então presidente da época, o Fernando Henrique Cardoso, pedindo ajuda para encontrar sua filha e teve à sua disponibilidade a Policia Federal e o ministro da justiça, José Gregori, para solucionar o caso.

Além disso, o governador de São Paulo, Geraldo Alckimin, foi pessoalmente a mansão da família Abravanel para tentar dialogar com os criminosos e soltarem o Silvio Santos.

Os programas do apresentador foram todos suspensos da programação até o caso ser completamente resolvido.

Uma coincidência percebida na época foi o filme que iriam televisionar na semana que Patrícia foi sequestrada, que seria “O preço de um resgate” e passou a ser o filme “Marte Ataca”.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia mais

Horóscopo Do Dinheiro: 5 Signos Que Terão Muita Grana Este Ano BioBoost: A IA do LinkedIn que Potencializa sua Presença nas Redes Sociais Tiktok: Plataforma é banida em mais um país no meio político Chamas da Vingança se Espalham: A Saga de Denzel Washington Continua na Série Original da Netflix Adeus ao Bosque dos Cem Acres: Por que o Novo Filme do Ursinho Pooh está Sendo Retirado das Telonas