- Publicidade -

Alzheimer pode ser controlado ao adotar um hobby

0

O Alzheimer é uma doença degenerativa e progressiva, mas segundo os especialistas, pode ser controlada, entenda como!

- Publicidade -

Um hobby é uma atividade que uma pessoa faz por prazer ou interesse, geralmente em seu tempo livre. 

Alguns exemplos de hobbies incluem colecionar objetos, praticar esportes, tocar um instrumento musical, pintar ou desenhar, ler, fazer trabalhos manuais como costura ou carpintaria, e muito mais. 

As pessoas geralmente escolhem hobbies que reflitam seus interesses e valores pessoais e que lhes proporcionem uma sensação de realização e satisfação.

Apesar de parecer algo simples (e realmente ser simples), um novo hobby pode ser um estímulo necessário para impedir que o cérebro de uma pessoa com Alzheimer se deteriore rapidamente.

- Publicidade -

Praticar atividades que exijam concentração e empenho podem funcionar como uma “pedra de amolar”, pois tais fatores permitem que as capacidades cognitivas permaneçam afiadas.

“‘Use-o ou perca-o’ não é apenas uma hipótese, é um fato biológico básico, tão verdadeiro para nossos cérebros quanto nossos músculos”, diz o diretor do Centro de Saúde Mental Pacifico e psiquiatra geriátrico, David Merrill.

A adoção de atividades que estimulem não só o corpo, mas a mente também é uma forma de retardar a progressão da doença, que até o momento, infelizmente não tem cura.

O que é o Mal de Alzheimer?

O Mal de Alzheimer é uma enfermidade que acomete o cérebro e causa a perda progressiva das habilidades cognitivas, como memória, raciocínio, atenção e linguagem.

Apesar de ser mais comum em pessoas de mais idade, o Mal de Alzheimer também pode afetar os mais jovens, como é o caso do ator Chris Hemsworth, de 39 anos, que descobriu ser portador de “duas cópias” do gene ApoE4, o que faz com que ele tenha 10 vezes mais chances de desenvolver a doença precocemente.

- Publicidade -

A causa exata da doença não é conhecida, mas acredita-se que possa estar relacionada a fatores ambientais e genéticos. Entre os fatores que podem contribuir para o surgimento da doença estão:

  • Doenças como pressão alta, diabetes e perda auditiva;
  • Maus hábitos como fumar, beber e o sedentarismo;
  • Isolamento social;
  • Poluição e 
  • Falta de instrução.

Imagens cerebrais mostram que manter a mente ativa contribui para a construção não apenas do bem-estar psicológico, mas também do bem-estar fisiológico e previne o “encolhimento” do cérebro, da mesma forma que o exercício físico mantém a saúde muscular.

Confirmando isso, a Sociedade de Alzheimer do Canadá também informa que as atividades cognitivas como conhecer novas coisas, pessoas, criar um diário e até mesmo conversar, podem contribuir para reduzir os riscos de demência.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia mais

Horóscopo Do Dinheiro: 5 Signos Que Terão Muita Grana Este Ano BioBoost: A IA do LinkedIn que Potencializa sua Presença nas Redes Sociais Tiktok: Plataforma é banida em mais um país no meio político Chamas da Vingança se Espalham: A Saga de Denzel Washington Continua na Série Original da Netflix Adeus ao Bosque dos Cem Acres: Por que o Novo Filme do Ursinho Pooh está Sendo Retirado das Telonas