- Publicidade -

Empresas de Inteligência Artificial estão sendo processadas por artistas

0

Há muitos anos, pensando na produção artística, tanto no campo da literatura, quanto das pinturas e esculturas, o filósofo grego, Platão, desenvolveu o conceito de Mímesis, que explica que nada é criado, tudo é uma cópia do que já existia.

- Publicidade -

Atualmente, com o surgimento das inteligências artificiais, esse assunto volta à tona, pois apesar dessa tecnologia afirmar entregar resultados originais, tudo o que ela produz é baseado nas milhares de obras que alimentam o seu banco de dados.

Sendo assim, cabe perguntar, será que são originais mesmo, ou como explica a mímesis, são uma cópia de algo que já havia sido criado?

Empresas criadoras de Inteligência Artificial são processadas

Um grupo de artistas americanos, irritados por descobrirem que certa inteligência artificial utilizava suas obras sem permissão, entraram com um processo contra as empresas Mid Journey and Stability IA e DeviantArt.

- Publicidade -

O trio, formado pelos artistas Kelly McKernan, Sarah Andersen e Karla Ortiz, iniciaram um processo alegando que as inteligências artificiais feriram os seus direitos, e de muitos outros, quando incluíram obras e imagens sem obter antes a permissão dos autores.

Segundo os autores do processo, seu objetivo é “encerrar esta enorme e flagrante violação dos seus direitos, antes que suas profissões sejam eliminadas por um programa de computador, alimentado totalmente pelo seu trabalho”.

Além desses artistas, o Getty, famoso banco de dados de imagem, também iniciou um processo contra a Stability AI, alegando que a empresa “copiou e processou ilegalmente milhões de imagens protegidas por direitos autorais”, para fornecer o treinamento necessário para o bom funcionamento do algoritmo.

O chefe-executivo da Getty Images até mesmo comparou os softwares de IA atuais ao antigo Napster, que compartilhava músicas sem pagar os direitos autorais:

“Pensamos que, da mesma forma, esses modelos generativos [de arte] precisam abordar os direitos de propriedade intelectual de terceiros, esse é o ponto crucial.

- Publicidade -

Estamos tomando essa ação para esclarecer isso”.

Como funciona a Inteligência Artificial?

O funcionamento das IA são super simples, bastando apenas que o usuário digite o comando que ele deseja que seja executado. Rapidamente a máquina retornará o resultado obtido.

O problema em tudo isso, é que muitas pessoas têm utilizado mal este recurso, para fazer trabalhos escolares, monografias e até mesmo livros completos, em questão de segundos ou poucos minutos.

Além disso, para criar as novas “obras”, a IA recorre aos exemplos que ela estudou, e em alguns casos, pode até mesmo copiar o estilo de um determinado autor, daí ela gera o resultado com base naquilo, sem que o artista original receba qualquer tipo de crédito.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia mais

Horóscopo Do Dinheiro: 5 Signos Que Terão Muita Grana Este Ano BioBoost: A IA do LinkedIn que Potencializa sua Presença nas Redes Sociais Tiktok: Plataforma é banida em mais um país no meio político Chamas da Vingança se Espalham: A Saga de Denzel Washington Continua na Série Original da Netflix Adeus ao Bosque dos Cem Acres: Por que o Novo Filme do Ursinho Pooh está Sendo Retirado das Telonas