- Publicidade -

Microsoft terá demissão em massa para reduzir custos

0

A Microsoft planeja demitir 10 mil funcionários para reduzir custos. Veja se isto impactará o Brasil, que possui 11 escritórios da empresa no país.

- Publicidade -

Seguindo padrões de outras empresas de tecnologia como o Meta, agora chegou a vez da Microsoft anunciar sua demissão em massa. A empresa comunicou que demitirá cerca de 10.000 funcionários.

As demissões começarão a acontecer nas próximas semanas e as primeiras notificações serão enviadas a partir desta quarta-feira (18). Eles planejam que todo o processo de demissão seja finalizado até o final do primeiro trimestre de 2023.

microsoft
imagem: iXBT.com

Satya Nadella, diretor executivo da empresa, confirmou que o cenário mundial, ainda mais depois da pandemia do coronavírus, levou a Microsoft a tomar a decisão.

- Publicidade -

Apenas o Google e a Apple não realizaram demissões e massa no período do último um ano. Será que está chegando a hora?

Demissão é a segunda maior da Microsoft

Esta, é a segunda vez que uma demissão em massa aconteceu na Microsoft, e já é considerada a segunda maior da história da empresa.

Ainda na terça-feira (17), os primeiros rumores sobre a situação que estava para acontecer, começaram a circular. Agora, como tudo já foi esclarecido, a Microsoft pôde explicar como acontecerá a demissão.

A BigTech pretende falar com as primeiras pessoas a saírem do emprego nesta quarta-feira (18) e conseguir resolver toda a situação até o final de março de 2023.

- Publicidade -

Os demitidos, equivalem à 5% dos funcionários da Microsoft e Nadella não contou quais regiões serão afetadas. Porém, de acordo com a nota exposta pela empresa, a ação será em escala mundial.

A empresa continuará contratando

Mesmo que esteja demitindo 10 mil pessoas, a empresa não deixará de contratar funcionários para outros cargos específicos.

Nadella informou que a Microsoft continuará investindo em áreas consideradas fundamentais para o lançamento de novos produtos e desenvolvimento de inteligências artificiais.

Jornalistas foram atrás de informações diretamente com a empresa sobre o panorama do Brasil. Porém, não receberam respostas.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia mais

Horóscopo Do Dinheiro: 5 Signos Que Terão Muita Grana Este Ano BioBoost: A IA do LinkedIn que Potencializa sua Presença nas Redes Sociais Tiktok: Plataforma é banida em mais um país no meio político Chamas da Vingança se Espalham: A Saga de Denzel Washington Continua na Série Original da Netflix Adeus ao Bosque dos Cem Acres: Por que o Novo Filme do Ursinho Pooh está Sendo Retirado das Telonas