- Publicidade -

Inédito! Primeiro caso jurídico a ser defendido por Inteligência Artificial

0

Já pensou que bom seria poder ter um auxílio de um advogado especializado em quase qualquer caso? Isso pode ser realidade em breve, entenda!

- Publicidade -

Há muitos anos, lá em 2001, o grande cineasta Steven Spielberg dirigiu um filme chamado Inteligência Artificial.

Além de todas as questões genéricas, a história mostra os fatos do ponto de vista de David, um robô humanoide dotado de Inteligência Artificial, que acaba desenvolvendo sentimentos como o dos humanos.

Um dos pontos que mais foi discutido era se tal ser poderia um dia adquirir consciência e se rebelar contra os humanos. Para essa questão, ainda não há uma resposta. O fato é que desde 2001, o algoritmo responsável pela IA se tornou mais robusto, complexo e mais humano.

A prova disso é que neste ano, um robô IA irá defender o primeiro caso, como um advogado em um tribunal.

- Publicidade -

Inteligencia Artificial irá advogar

Criada pela DoNotPay, o robô advogado capaz de renegociar dividas e até mesmo de interagir por meio de e-mails ou chats, como se fosse um humano.

Para a criação do robô, Joshua Browder, fundador da empresa, precisou incluir uma enorme quantidade de informações legais. Segundo a empresa, mais de 3 milhões de casos no Reino Unido e nos Estados Unidos foram assistidos para construir um algoritmo eficiente.

Essa inteligencia artificial “nasceu” em 2015 com o intuito de cancelar assinaturas e de renegociar dividas. Um fato que exemplifica bem a capacidade do IA, foi exibido no twitter, numa exibição da capacidade da máquina de negociar.

Ao fim da interação, onde a IA solicitava uma redução em uma taxa de serviço, o “cliente” ganhou um desconto de US$10. Veja como foi:

- Publicidade -

Como será o julgamento?

O julgamento, onde o robô advogado será testado, acontecerá nos EUA, no próximo mês. Por meio de um fone de ouvido, o réu, que irá ao tribunal contestar uma multa de excesso de velocidade, receberá instruções da IA.

Esse tipo de acessório, normalmente, seria proibido em um tribunal, mas a DoNotPay, encontrou uma brecha:

“Está tecnicamente dentro das regras, mas não acho que esteja dentro do espírito das regras”, informou Joshua Browder. Dessa forma, o aparelho será categorizado como um tipo de aparelho auditivo.

A Inteligência Artificial foi preparada para responder diversas perguntas diferentes, para dar ao cliente, a melhor defesa possível, por um valor inferior ao que os advogados humanos normalmente cobrariam.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia mais

Horóscopo Do Dinheiro: 5 Signos Que Terão Muita Grana Este Ano BioBoost: A IA do LinkedIn que Potencializa sua Presença nas Redes Sociais Tiktok: Plataforma é banida em mais um país no meio político Chamas da Vingança se Espalham: A Saga de Denzel Washington Continua na Série Original da Netflix Adeus ao Bosque dos Cem Acres: Por que o Novo Filme do Ursinho Pooh está Sendo Retirado das Telonas