- Publicidade -

The Office retornou à Netflix e brasileiros comemoram

0

The Office havia sido removida da versão brasileira da Netflix no final de 2020, decepcionando fãs de todos os lados. Entretanto, a série agora retorna ao catálogo brasileiro do serviço de streaming.

- Publicidade -

As 9 temporadas de The Office estão disponíveis novamente desde 1º de janeiro. Um enorme acordo foi feito para que fãs brasileiros pudessem desfrutar do sucesso da comédia. Entenda o que aconteceu.

Por que The Office retornou à Netflix BR?

Netflix

A Netflix e a emissora NBC realizaram um acordo estrondoso para que os fãs brasileiros pudessem ter The Office novamente no catálogo. Entretanto, apesar de o território brasileiro ganhar, outros perdem.

- Publicidade -

A história da firma Dunder Mifflin foi retirada de outros países. Neste início de ano, assinantes da Netflix da Austrália, Alemanha, Bélgica, Canadá, Espanha, Itália, Israel, Turquia, Reino Unido e demais países já não veem The Office na Netflix.

O serviço de streaming gasta muito dinheiro para manter o seriado no catálogo. Sendo assim, quando há um grande número de visualizações de uma série em um país específico, acordos são feitos.

Os direitos de transmissão da série para as localidades citadas acima não foram renovados. Isso se deve, provavelmente, aos altos custos para manter The Office em exibição.

Apesar de alguns serviços de streaming perceberem que filmes, (mini)séries ou documentários estão ganhando muita audiência em um país, ainda há uma desvantagem. A Netflix é famosa por cancelar séries que seguem em alta.

Personagens de The Office seriam cancelados no mundo real

- Publicidade -

The Office
Fonte: Viaplay.

O cancelamento de séries decepciona os fãs de tal forma. Entretanto, o que toca na ferida dos amantes das temporadas, sendo longas ou curtas, é cancelar alguns personagens.

Ao assistirmos uma série, nos identificamos com alguns e detestamos outros. Em The Office, todos os personagens moldavam e mantinham o espírito da zoeira vivo a todo o momento.

Apesar do enredo focar na simples rotina dos trabalhadores da empresa norte-americana que vende papel, chamada Dunder Mifflin, os personagens são o meio que classifica a série como uma comédia besteirol.

Os funcionários do local tornam a experiência de risadas, constrangimentos, dramas e situações absurdas em algo divertido de se assistir. Entretanto, se eles saíssem no mundo atual, provavelmente seriam cancelados.

Como por exemplo, é inevitável imaginar que Michael Scott (Steve Carell) tivesse um perfil nas redes sociais sem levar um block ou ser denunciado por violar os termos de uso.

The Office - Michael Scott
Michael Scott (Steve Carell). Fonte: A24.

A famosa cena em que Michael abraça Phyllis e diz que pode ter uma ereção com certeza levaria a seu cancelamento. Ou seja, tal ato seria inaceitável tanto no ambiente de trabalho, quanto na vida real.

Personagens de The Office possuem comportamentos extremamente inadequados em relação ao sexo e acabam por discutir ou fazer piadas sobre isso no local de trabalho.

O bullying também seria uma péssima questão que levaria ao cancelamento dos personagens. Como os momentos em que Michael fazia piadas em relação ao peso de Kevin e Phyllis, ou à orientação sexual de Oscar.

Dwight e Angela seriam tão cancelados quanto com seus comentários maldosos aos colegas de trabalho. Chantagens, ameaças e comentários desnecessários de The Office seriam inaceitáveis em ambientes reais de trabalho.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia mais

Horóscopo Do Dinheiro: 5 Signos Que Terão Muita Grana Este Ano BioBoost: A IA do LinkedIn que Potencializa sua Presença nas Redes Sociais Tiktok: Plataforma é banida em mais um país no meio político Chamas da Vingança se Espalham: A Saga de Denzel Washington Continua na Série Original da Netflix Adeus ao Bosque dos Cem Acres: Por que o Novo Filme do Ursinho Pooh está Sendo Retirado das Telonas