- Publicidade -

Decoração: Conheça as plantas perfeitas para decorar ambientes pequenos

0

Incluir plantas na decoração de um ambiente pode trazer inúmeros benefícios, desde a adição de cores e texturas no design até a melhora na qualidade e umidade do ar.

- Publicidade -

Se você mora em um local pequeno, pode ser difícil encontrar espaço para plantas grandes e elaboradas. Felizmente, existem muitas opções de plantas pequenas e charmosas que são perfeitas para apartamentos compactos.

Algumas dicas para escolher a vegetação certa para um apê pequeno incluem:

  • optar por espécies de baixa manutenção, como cactos e suculentas;
  • escolher vasos pequenos e discretos para não ocupar muito espaço, e;
  • colocar as plantas em lugares estratégicos, como próximo à janela ou em cima de móveis altos.

Com um pouco de criatividade e cuidado, é possível transformar qualquer apê pequeno em um oásis verde e acolhedor.

- Publicidade -

Plantas para ambientes pequenos

Conheça agora uma lista com 10 plantas: flores e folhagens, que vão embelezar qualquer espaço:

Aspargo-samambaia

Foto: Reprodução

Da família do lírio (não da samambaia, como o seu nome dá a entender), o Aspargo-Samambaia é uma espécie de baixa manutenção, o que significa que é perfeita para quem tem pouco tempo ou experiência em cuidar de plantas.

- Publicidade -

Flor da Fortuna

Foto: Getty Imagens

A Flor da Fortuna, também chamada como Kalanchoe, é uma planta de interior comum que é conhecida por suas flores. 

Ela é uma planta de baixa manutenção que é fácil de cuidar, o que a torna uma ótima opção para iniciantes em jardinagem. Ela pode crescer até cerca de 50 centímetros de altura e é ideal para ser cultivada em vasos ou jardineiras. 

Entre os seus cuidados, a Flor da Fortuna precisa de luz indireta para crescer corretamente, mas é tolerante à sombra parcial. 

Além de ser uma planta ornamental, a Kalanchoe também é conhecida por suas propriedades medicinais, sendo usada na medicina popular para tratar uma variedade de condições, incluindo dor de cabeça, resfriados, inflamações e até mesmo câncer.

Bambu da Sorte

Foto: Instagram/casabuque

O bambu da sorte é uma planta versátil que pode ser cultivada tanto no solo quanto na água. Independentemente do método escolhido, é importante garantir que a planta receba a quantidade adequada de água e nutrientes para crescer saudável e forte.

Echeveria

Foto: Reprodução

Um dos tipos mais comuns de suculentas, a Echeveria cresce de forma lenta, e precisa de luz direta ou indireta. As Echeverias são plantas resistentes e podem tolerar longos períodos de seca, mesmo assim é importante não deixá-las sem água por muito tempo.

Sobre a rega, é importante se certificar de que o solo esteja bem drenado, e de que não haja acúmulo de água. Uma dica é molhar a planta apenas quando sentir que a terra está completamente seca.

Colar de Pérola

Foto: Reprodução

Cada vez mais popular, essa planta de aparência única também pertence à família das suculentas, o que significa que ela gosta de ambientes iluminados e pouca água.

Jiboia

Foto: Reprodução / Pinterest

Um exemplar que nunca sai de moda, a Jibóia já era usada para decorar a casa dos nossos avós.

Além da beleza das folhas em formato de coração que cascateiam sobre o vaso, essa planta também purifica o ar do ambiente.

Peperômia

Foto: Reprodução

As Peperômias têm folhas verdes lisas ou onduladas e flores pequenas e simples, que podem ser brancas, rosa, vermelhas ou amarelas. Seu crescimento é lento o que faz com que elas sejam ideais para cultivo em recipientes ou jardineiras. 

As peperômias precisam de luz indireta e devem ser regadas quando o solo estiver levemente seco. Elas também precisam de um solo bem drenado para evitar o acúmulo de água.

Lírio da paz

Reprodução/HGTV

O lírio da paz tem folhas verdes lisas e grossas e cresce em forma de touceira. Ele é fácil de cuidar e é uma ótima opção para quem quer adicionar um pouco de verde à sua casa ou escritório. 

O lírio da paz precisa de luz indireta e deve ser regado regularmente, mas não deve ser deixado em água parada, pois pode apodrecer.

Assim como a Jiboia e a Flor da Fortuna, esta planta também tem a capacidade de limpar o ar.

Planta de Jade

Foto: Viva Decora

As plantas de jade são plantas suculentas de interior muito populares devido às suas folhas grossas e ovais, que dão a elas um visual único. 

Quando cultivadas corretamente, as plantas de jade podem viver por anos, tornando-as ótimas opções para quem quer ter uma planta de longa duração em casa. Para mantê-las saudáveis, é importante dar-lhes os cuidados adequados. 

Isso inclui limpar as folhas de vez em quando para remover o acúmulo de poeira, o que ajudará a mantê-las brilhantes e aumentará a sua capacidade de absorver a luz solar. Além disso, as plantas de jade precisam de luz indireta e devem ser regadas quando o solo estiver levemente seco.

Aspidistra Elatior

Foto: Reprodução

Aspidistra Elatior, também conhecida como Aspidistra ou Lírio de Salão, é uma planta de interior muito popular devido à sua capacidade de tolerar condições de pouca luz. Ela pertence à família Asparagaceae e é nativa da Ásia. 

A Aspidistra Elatior tem folhas largas e verdes escuras que crescem a partir de um caule curto e é conhecida por ser uma planta de crescimento lento. Ela é fácil de cuidar e é uma ótima opção para quem quer adicionar um pouco de verde à sua casa ou escritório. 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia mais

Horóscopo Do Dinheiro: 5 Signos Que Terão Muita Grana Este Ano BioBoost: A IA do LinkedIn que Potencializa sua Presença nas Redes Sociais Tiktok: Plataforma é banida em mais um país no meio político Chamas da Vingança se Espalham: A Saga de Denzel Washington Continua na Série Original da Netflix Adeus ao Bosque dos Cem Acres: Por que o Novo Filme do Ursinho Pooh está Sendo Retirado das Telonas