- Publicidade -

Quatro crianças foram encontradas mortas em Alvorada

0

Mais um crime envolvendo a morte de menores segue em curso ao redor do Brasil. Desta vez, quatro crianças foram encontradas mortas dentro de sua residência em Alvorada, região metropolitana de Porto Alegre.

- Publicidade -

O bárbaro crime aconteceu no bairro Piratini, especificamente, na Rua Hermes Pereira de Souza. A casa, embora pequena, abrigou uma enorme tragédia. O pai das quatro crianças é o principal suspeito das mortes.

Informações do delegado responsável pelo caso e também titular da Delegacia de Homicídios de Alvorada, Edimar Machado, expõem que os vizinhos da família acionaram a Brigada Militar (BM) por volta de 19h30min desta terça-feira (13).

A motivação e as circunstâncias do crime ainda são desconhecidas. O pai é um homem, de 28 anos e pai das quatro crianças. Ele, que não teve seu nome divulgado, foi preso por volta das 4h da madrugada desta quarta-feira (14).

Você também pode gostar de ler:

- Publicidade -

Como Fazer A Faxina Energética Para 2023?

Voltaire Porto É Encontrado Morto Dentro De Casa Em Porto Alegre

As quatro crianças

As vítimas do crime eram quatro crianças bem novas. Parte eram meninas, totalizando três. Cada uma tinha, 11, 6 e 3 anos de idade. Já a última vítima era um menino, de apenas 8 anos.

A filha mais nova, de 3 aninhos, teria morrido asfixiada. As demais crianças teriam sido esfaqueadas. Todas as quatro crianças vítimas moravam com a mãe. Entretanto, elas estavam na residência da avó paterna, no qual o pai também vivia.

- Publicidade -

Os pais das quatro crianças não eram mais um casal, estando separados há um tempo ainda não divulgado pela polícia. O delegado Machado informou que o pai levou as crianças para a residência dele no final de semana.

Então, o problema começou. Ele teria se recusado a deixar as quatro crianças retornarem para a casa da ex-companheira na segunda-feira (12). A mãe, ao buscá-los nesta terça-feira (13), se deparou com a morte de seus pequenos.

O atendimento de tal ocorrência seguiu em curso durante esta madrugada de quarta-feira (14). O plantonista de Homicídios e delegado, Augusto Zenon, diz que a família já tem uma desavença.

O conflito entre os pais das quatro crianças se dá acerca da guarda compartilhada dos menores. O delegado explica: “Pelo estado dos corpos das crianças, da rigidez cadavérica, pode-se indicar que elas estavam ali entre 24 e 12 horas.”

Zenon detalha o local da casa em que as vítimas foram encontradas: “As crianças estavam dentro da casa. Uma parte delas estava em um quarto, e a menor delas estava em outro quarto.”

As circunstâncias do crime, bem como a probabilidade de assassinato das quatro crianças por parte do pai ainda serão investigadas. O plantonista aborda os deveres da polícia a partir de agora.

“Os próximos passos são aprofundar os detalhes das crianças, se elas ingeriram alguma medicação, se foram drogadas, se foram dopadas. E também a questão do suspeito. Localizar ele, identificar e a respectiva prisão”, diz Augusto.

O Instituto-Geral de Perícias (IGP) explicou em nota como agiu diante do caso. Eles explicam que duas equipes da Seção de Atendimento a Local de Crime, do Departamento de Criminalística, estiveram na residência.

Os corpos das quatro crianças serão agora encaminhados para procedimentos de identificação e necropsia no Departamento Médico-Legal. Os vizinhos e familiares acompanharam o trabalho dos investigadores e peritos.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia mais

Horóscopo Do Dinheiro: 5 Signos Que Terão Muita Grana Este Ano BioBoost: A IA do LinkedIn que Potencializa sua Presença nas Redes Sociais Tiktok: Plataforma é banida em mais um país no meio político Chamas da Vingança se Espalham: A Saga de Denzel Washington Continua na Série Original da Netflix Adeus ao Bosque dos Cem Acres: Por que o Novo Filme do Ursinho Pooh está Sendo Retirado das Telonas