- Publicidade -

Eliminação do Brasil na Copa do Mundo; O que aconteceu na disputa contra a Croácia?

0

O sonho do Hexa ainda vai ter que esperar após a eliminação da seleção brasileira. As primeiras quartas de final da Copa do Mundo foram decididas com doses extremas de emoção.

- Publicidade -

Você também pode gostar de ler:

Cuidados Paliativos: Você Sabe O Que É Isso? Saiba Mais Sobre O Assunto

Executiva No Comando Da Levi’s; Por Que Sua Trajetória Importa?

Eliminação do Brasil pela Croácia

- Publicidade -

Neymar-lamentando-a-eliminação-do-Brasil-da-Copa-do-Mundo
Neymar lamentando a eliminação da seleção brasileira da Copa do Mundo 2022. Fonte: Terra.

O coração de diversos brasileiros foi a mil nesta sexta-feira (9) com um jogo que teve dois gols durante a prorrogação. Croácia e Brasil acabaram por empatar (0 a 0) durante os 90 minutos. Diante desse cenário, brasileiros nem pensavam em eliminação.

Tite não pôde contar com Alex Sandro, que segue lesionado. Portanto, manteve a escalação das oitavas de final que venceu a Coreia do Sul, com Militão na lateral direita e Danilo na esquerda.

Devido ao empate, a prorrogação se iniciou após o intervalo, resultando na igualdade de mais um empate. Desta vez, o placar acabou por 1 a 1 nos 30 minutos de jogo.

Dentre os gols, Neymar marcou para o nosso Canarinho, e Petkovic marcou um gol para os croatas. A seguir, se deu a disputa de pênaltis, na qual os croatas venceram, resultando na eliminação. A Croácia se sobrepôs no placar de 4 a 2 no Estádio Cidade da Educação.

- Publicidade -

A Croácia, seguindo novamente na semifinal de uma Copa do Mundo, teve que esperar o vencedor de Argentina x Holanda, para saber o adversário da semifinal. O resultado já está em mãos: Croácia x Argentina, terça-feira (13) no Estádio Lusail.

O jogo foi tenso durante o primeiro tempo

O equilíbrio se manteve nos primeiros minutos da disputa. Vini Jr deu duas chances promissoras ao Brasil ainda no começo da partida. Entretanto, o camisa 20 não conseguiu chutar diante da forte marcação.

Já os croatas tinham mais domínio no meio-campo, em razão da superioridade de entrar com seus três volantes contra os dois da seleção brasileira. Muitos internautas associaram essa estratégia a nossa eliminação. O duelo foi se desenrolando lentamente por parte da equipe de Tite.

O treinador da Croácia, Zlatko Dalic falou sobre a superioridade numérica no meio-campo: “Tivemos uma reunião só sobre isso. Tínhamos que matar o ritmo. Se deixar, eles te atropelam com aquele ritmo.”

Técnico Croácia Zlatko Dalic
Técnico da Croácia, Zlatko Dalic. Fonte: Guia do Boleiro.

Dalic tornou a explicar a estratégia: “A nossa relação no meio-campo, que digo ser a melhor do mundo, destruiu-os com passes curtos. A Croácia escondeu a bola deles. Isso é uma lição para toda a vida.”

A Croácia, no primeiro tempo, chegou com mais facilidade ao ataque. Desta forma, a equipe croata teve vantagens, que resultaram na vitória. O outro lado da moeda mostra que a seleção brasileira ameaçava seus rivais com cada vez mais raridade, outro aspecto que virou justificativa da nossa eliminação.

Ademais, o pouco número de jogadores no meio-campo fez com que os brasileiros explorassem a defesa por meio de bolas longas, sempre cortadas. O goleiro Alisson também não foi obrigado a fazer nenhuma intervenção difícil.

A maior reclamação que gira em torno da internet, acerca da eliminação, segue sendo sobre a defesa do Brasil. Esta teve dificuldade para marcar a Croácia, principalmente para sair da pressão no meio-campo.

Blitz no segundo tempo

Bastaram cinco minutos para que a seleção brasileira superasse toda a atuação na etapa inicial. A equipe chegou bem mais presente no ataque diante de toda a pressão do hexa.

Nossos jogadores estiveram fortes em duas oportunidades, obrigando o goleiro Livakovic a fazer boas defesas: um desvio contra de um zagueiro e em chute de Neymar. Dominik chegou a ser o protagonista do segundo tempo.

O Brasil melhorou de forma tão considerável, que a partida teve revisão do VAR: um possível pênalti, após um cruzamento de Vini Jr ter acertado a mão de Juranovic dentro da área. Entretanto, a checagem de vídeo não marcou nada.

O ataque continuou a decorrer, criando então um melhor cenário para a seleção brasileira. O jornalista Raphael Zarko afirmou: “Brasil começa melhor nessa segunda etapa e pressiona um pouco a Croácia. Criou três lances de área.”

As substituições também foram duramente criticadas ao longo do jogo, tanto do segundo quanto do primeiro tempo. Mais um ponto que se tornou uma razão para nossa eliminação. As equipes seguiram tentando, mas criaram pouco perigo na reta final do segundo tempo, que terminou sem gols, seguindo para a prorrogação.

Prorrogação de 30 minutos

Eliminação da seleção brasileira Copa do Mundo 2022 - Gol de Neymar
Neymar comemorando seu gol feito na prorrogação. Fonte: O TEMPO.

Após um cenário de zero a zero, finalmente veio o gol brasileiro nos acréscimos da prorrogação. Após uma assistência de Lucas Paquetá, Neymar entrou livre dentro da área. O craque driblou Livakovic abriu o placar com um toque sutil na bola.

A situação, no entanto, se deu de forma diferente das demais oportunidades, pois o camisa 10 não chutou de primeira. Torcedores agradeceram o placar conquistado e a jogada cautelosa do menino Ney.

Já no segundo tempo, a seleção croata pôs vários jogadores ofensivos, lançando-se ao ataque. Já na reta final, Orsic, totalmente veloz, tocou para Petkovic, que estava livre na pequena área. Sua finalização empatou a partida levando à disputa de pênaltis.

Brasileiros sofreram nas penalidades

Eliminação da seleção brasileira Copa do Mundo 2022 - Jogador croata consolando a seleção
Jogador croata consolando Marquinhos, da seleção brasileira. Fonte: Esportes R7.

A Croácia iniciou na vantagem, com o atacante Vlasic goleando. Já Rodrygo, atacante brasileiro perdeu o pênalti. Na segunda leva, Majer e Casemiro marcaram gols para suas seleções.

A terceira chance dos brasileiros e croatas também deu sorte, Modric e Pedro realizaram gols. A partida nem precisou ir para a quinta oportunidade, pois a disputa foi resolvida na quarta chamada de pênaltis.

O atacante Orsic marcou para a Croácia e Marquinhos perdeu seu pênalti, acertando na trave. A seleção croata levou a melhor, se classificando novamente para uma semifinal de Copa do Mundo.

Repercussão das escolhas de Tite

Cahê Mota demonstrou descontentamento com a decisão do técnico Tite durante a disputa entre Brasil e Croácia nesta sexta-feira (9): “A não ser que tenha sentido algo ou pedido para sair, não faria o menor sentido tirar Militão e manter Danilo em campo.”

O também repórter do Globo Esporte e demais comentaristas expressaram que a troca não agregaria nada ao jogo devido a situação do camisa 2: “Não somente pelo desgaste após voltar de lesão, mas Danilo não fez um bom jogo.”

Jojo Toddynho, em sua participação como comentarista da Copa do Mundo 2022, afirmou que a decisão de Tite em tirar Militão durante a disputa foi “uma palhaçada”. A artista também contestou que, com a mudança, o time adversário “foi lá e fez um gol”.

Internautas também estão falando sobre a falta de um goleiro durante a disputa de pênaltis. Alisson Becker também foi bastante criticado por não ter feito nenhuma defesa na disputa de penalidades.

Jornais internacionais reagindo à eliminação

O jornal “24 Sata”, croata, publicou na capa a alegria da vitória: “Você dança e nós cantamos. Croácia está na semifinal. Mais uma vez chocamos o mundo. Estamos entre os quatro melhores times e expulsamos o Brasil.”

Já o espanhol, Marca, pôs como foto de capa o momento em que a seleção brasileira lamentava e chorava com a derrota: “Chora o Brasil e a Copa do Mundo vai pelos ares: o superfavorito volta para casa.”

O The Sun, jornal inglês fez um trocadilho com a palavra “cheers”, que é a nossa celebração de brinde e felicitações. A capa contém o título Cheer-rio, também remetendo a um dos locais brasileiros mais famosos do país, o Rio de Janeiro.

O texto falou sobre a terrível disputa das penalidades: “O Brasil foi sensacionalmente eliminado da Copa do Mundo em uma disputa de pênaltis dramática.”

Concluindo, a reportagem menciona o trabalho do goleiro croata: “Mais uma vez, o goleiro Dominik Livakovic foi o herói. O time conseguiu buscar o resultado após Neymar convocar seu “Diego Maradona” interno com um golaço na prorrogação.”

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia mais

Horóscopo Do Dinheiro: 5 Signos Que Terão Muita Grana Este Ano BioBoost: A IA do LinkedIn que Potencializa sua Presença nas Redes Sociais Tiktok: Plataforma é banida em mais um país no meio político Chamas da Vingança se Espalham: A Saga de Denzel Washington Continua na Série Original da Netflix Adeus ao Bosque dos Cem Acres: Por que o Novo Filme do Ursinho Pooh está Sendo Retirado das Telonas