- Publicidade -

Gravidez psicológica: entenda mais sobre o assunto e saiba como tratar

0

O fato é raro, segundo estimativas, a gravidez psicológica acontece uma vez a cada 22 mil gestações.

- Publicidade -

Enjoos, ganho de peso, e até mesmo atraso na menstruação são sintomas que costumam acompanhar uma gravidez psicológica. O evento, nomeado pelos médicos de pseudociese, é uma condição onde a mulher crê estar grávida mesmo que os exames e ultrassons atestem o contrário.

Segundo Joel Rennó, um psiquiatra que coordena o Programa da Saúde Mental da Mulher na USP, a gravidez psicológica “é um distúrbio em que as mulheres não grávidas têm uma convicção ou crença de que estão gestantes. Elas passam a desenvolver sintomas físicos clássicos de uma gestação. Geralmente está associado com um forte desejo de se tornar mãe.

Você também pode gostar de ler:

Arrumar a cama é tão importante quanto você pensa. Veja o motivo

- Publicidade -

Venda de remédio em farmácias aprovado pela Anvisa, ampliando o uso para tratamento pediátrico

Gravidez psicológica — Sintomas, fatores de risco e causas

O transtorno é raro, e até o momento continua sem explicações biológicas, mas alguns fatores externos, como histórico de abusos e traumas, podem contribuir para o surgimento de uma gestação psicológica.

Em situações favoráveis para o desenvolvimento da pseudociese, há a liberação de hormônios como a prolactina e o estrogênio, que contribuem para o surgimento dos sintomas clássicos de gravidez.

Entre os fatores de risco mais frequentes em casos de gravidez psicológica, estão abortos frequentes, abusos sexuais e a perda de um filho. A condição também afeta mulheres inférteis e em alguns casos, mulheres que tem pavor de engravidar.

- Publicidade -

Mulheres de qualquer idade podem apresentar um caso de pseudociese, porém é mais comum nas pacientes acima de 40 anos. Ansiedade e depressão também podem contribuir para o desenvolvimento de uma gravidez psicológica.

Sintomas

Parecido com o que acontece em uma gravidez normal, a pseudociese apresenta sintomas como:

  • Atraso menstrual;
  • Enjoo;
  • Náuseas causadas por determinados cheiros ou alimentos;
  • Aumento no peso, crescimento e dor nos seios;
  • Sono excessivo e cansaço;
  • Lactação
  • Contrações falsas.

Os sintomas podem durar semanas, meses ou anos, por isso é essencial procurar ajuda de um profissional.

Diagnóstico e tratamento

Em geral, ao suspeitarem de uma gravidez, as mulheres costumam procurar um médico e realizar os exames comuns no pré-natal, como exames de sangue e ultrassons. Em casos de pseudociese esses exames revelam a ausência de um feto.

Confirmada a ausência de uma gestação real, outros exames são necessários. Em alguns casos, é recomendável fazer uma tomografia para garantir que os sintomas e alterações hormonais não são causadas por um tumor.

Após o diagnóstico, o próximo passo é convencer a paciente, o que não é fácil, pois para a mulher que realmente acreditava naquela gravidez, o processo pode ser semelhante a perda de um filho. Dessa forma, o apoio do parceiro e da família é fundamental para superar o luto.

O tratamento é feito por uma equipe multidisciplinar, composta por um ginecologista, um psicólogo e um psiquiatra.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia mais

Horóscopo Do Dinheiro: 5 Signos Que Terão Muita Grana Este Ano BioBoost: A IA do LinkedIn que Potencializa sua Presença nas Redes Sociais Tiktok: Plataforma é banida em mais um país no meio político Chamas da Vingança se Espalham: A Saga de Denzel Washington Continua na Série Original da Netflix Adeus ao Bosque dos Cem Acres: Por que o Novo Filme do Ursinho Pooh está Sendo Retirado das Telonas