- Publicidade -

CadÚnico possibilita receber vários benefícios; conheça eles

0

Os cidadãos inscritos no CadÚnico podem se beneficiar de diversos programas e auxílio. Entenda melhor!

- Publicidade -

O Cadastro Único — CadÚnico — é um cadastro utilizado pelo governo para fornecer auxílio a população de baixa renda. Outra função do CadÚnico é possibilitar a obtenção de dados sobre como essa fatia dos brasileiros vive.

Por esse motivo, programas com objetivos sociais utilizam as informações do cadastro para definir quem está dentro de seus critérios, e apto a receber os seus recursos.

Você também pode gostar de ler:

Tíquetes do vale-gás social são distribuídos, mais de 200 mil poderão ser resgatados

- Publicidade -

Entenda o fenômeno das demissões exibido em uma pesquisa

Programas e benefícios para os integrantes do CadÚnico

Atualmente, 22 benefícios estão disponíveis para quem estiver cadastrado no CadÚnico. Lembrando que, para receber tais benefícios, as famílias devem atender os critérios exigidos.

São eles:

  1. Água para todos;
  2. Auxílio Brasil;
  3. BPC/Loas;
  4. Benefício de prestação continuada;
  5. Bolsa estiagem;
  6. Bolsa Verde;
  7. Carta Social;
  8. Crédito Instalação;
  9. Carteira do Idoso;
  10. ENEM gratuito;
  11. Isenção no pagamento de taxas para inscrição em concursos públicos;
  12. Minha casa Minha Vida;
  13. Programa de fomento às atividades produtivas e rurais;
  14. Programa Brasil alfabetizado;
  15. Programa nacional de reforma agrária;
  16. Programa de irradicação do trabalho infantil (Peti);
  17. Programa nacional de crédito fundiário
  18. Programa cisternas;
  19. Telefone popular;
  20. Tarifa social de energia eletrica.

- Publicidade -

Quem pode ingressar no CadÚnico?

Para fazer parte deste cadastro, o cidadão precisa estar dentro de alguns critérios:

  • Renda individual de R$606,00, ou familiar de R$ 3.636,00;
  • Famílias ou pessoas em situação de rua;
  • Indivíduo que vive sozinho;
  • Famílias com renda superior a R$3.636,00 que estejam incluídas em programas nas 3 esferas governamentais.

A inscrição deve ser feita pessoalmente em um posto de atendimento do CRAS (Centro de Referência de Assistência Social), ou em outro local indicado, por um dos membros da família (maior de 16 anos) que será o títular ou responsável pela família. A preferência é que esta pessoa seja uma mulher.

Os documentos necessários para a inscrição são:

  • CPF;
  • Título de eleitor;
  • Certidão de nascimento ou casamento;
  • RG e 
  • Carteira de trabalho.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia mais

Horóscopo Do Dinheiro: 5 Signos Que Terão Muita Grana Este Ano BioBoost: A IA do LinkedIn que Potencializa sua Presença nas Redes Sociais Tiktok: Plataforma é banida em mais um país no meio político Chamas da Vingança se Espalham: A Saga de Denzel Washington Continua na Série Original da Netflix Adeus ao Bosque dos Cem Acres: Por que o Novo Filme do Ursinho Pooh está Sendo Retirado das Telonas