- Publicidade -

Elon Musk se torna diretor único do Twitter e acaba com conselho da rede social

0

Musk se autointitulou “Chief Twit” em seu perfil. A empresa de tecnologia, Bloomberg, informou que ele assumiria o papel de CEO interino.

- Publicidade -

A Reuters confirmou que Elon Musk, o empresário sul-africano, concluiu a compra do Twitter na noite de quinta-feira (27). A agência exibe que o também fundador da SpaceX e da Tesla pagou US$ 44 bilhões (R$ 235 bilhões) pela nova aquisição da rede social após seis meses de negociações.

Após a confirmação da venda do Twitter para o CEO, o conselho de administração da rede social, que era o responsável por supervisionar as atividades da plataforma, foi dissolvido. Documentos referentes à operação foram divulgados na última segunda-feira (31).

O relatório da Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) mostra que o novo dono do microblog assumiu o controle total da companhia, tornando-se, por conta própria, o único diretor do Twitter. Diversas críticas foram feitas acerca da antiga direção da rede social, portanto, a medida já era esperada pelo mercado.

Talvez você também goste de ler:

- Publicidade -

Conheça oito ferramentas super úteis do Google Drive

Musk chegou a ser nomeado, em abril deste ano, membro do conselho de administração do Twitter, pois adquiriu 9,2% das ações da empresa. No entanto, o recém proprietário da rede social optou por não continuar no grupo.

Funcionários do Twitter se preocupam diante de rumores de que, a qualquer momento, Elon pode anunciar suspensões temporárias de contrato, chamadas de layoffs. Segundo informações da CNN, todos os antigos membros do conselho foram destituídos de seus cargos após a efetivação da transação, realizada na quinta-feira (27).

Entre as demissões de alta escala estão Bret Taylor, co-criador do Google Maps e atual CEO da Salesforce; Ned Segal, diretor financeiro; Parag Agrawal, antigo CEO da plataforma e Vijaya Gadde, chefa de assuntos jurídicos e de políticas da rede social.

Moderação de conteúdo sofrerá mudanças

- Publicidade -

O fim do conselho de administração do Twitter resulta na mudança na moderação de conteúdo do microblog, que é defendida pelo bilionário. Ele revelou seu desejo de formar um novo grupo para definir as políticas de uso da plataforma, ainda não realizadas, via tweet publicado na sexta-feira (28).

Dentre as possíveis alterações nas políticas de conteúdo do Twitter, alguns usuários suspensos temporariamente ou banidos da rede social em detrimento de violação das normas, poderão retornar com suas contas. O mais provável é Donald Trump, ex-presidente dos EUA, que comemorou a venda da companhia para Musk.

O bilionário publicou que nenhuma mudança importante relacionada às regras da rede social será implementada até que o grupo se reúna. Bem como afirmou na postagem, o novo conselho de moderação deve incluir pessoas com “pontos de vista amplamente diversos”.
Confira o tweet na íntegra:

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia mais

Horóscopo Do Dinheiro: 5 Signos Que Terão Muita Grana Este Ano BioBoost: A IA do LinkedIn que Potencializa sua Presença nas Redes Sociais Tiktok: Plataforma é banida em mais um país no meio político Chamas da Vingança se Espalham: A Saga de Denzel Washington Continua na Série Original da Netflix Adeus ao Bosque dos Cem Acres: Por que o Novo Filme do Ursinho Pooh está Sendo Retirado das Telonas