- Publicidade -

Moedas com a letra ‘P’ valem muito dinheiro. Entenda

0

Alguns colecionam brinquedos, revistas, quadrinhos e etc. Porém atenção aos colecionadores de moedas, pois as que possuem a letra “P” impressa ao lado do valor são avaliadas em até R$ 10 mil.

- Publicidade -

Colecionar objetos é algo que atrai a atenção de inúmeras pessoas ao redor do planeta, seja uma coleção de tampinhas de garrafa ou das tradicionais figurinhas da Copa do Mundo. Contudo, poucos colecionadores são tão aficionados quanto os numismatas (nome dado para os especialistas em moedas e cédulas).

Todo dinheiro tem um número estabelecido em sua face, todavia nem sempre o algarismo impresso representa o valor real de uma moeda ou cédula. Edições comemorativas ou com erros de fabricação são muito procuradas no mercado.

Talvez você também goste de ler:

Nucoin: Nubank lança sua própria moeda digital

- Publicidade -

Se você é uma pessoa antenada no mundo das curiosidades, provavelmente já escutou que moedas, como as de R$ 1 das Olimpíadas e a comemorativa da Declaração Universal dos Direitos Humanos, são algumas das versões vendidas por muito mais dinheiro do que valem originalmente.

Por que moedas com a letra “P” impressa ao lado do valor recebem uma avaliação tão cara? Entenda o assunto que ganhou espaço no aplicativo TikTok.

Por que moedas com a letra ‘P’ valem muito dinheiro?

As moedas são aprovadas pelos órgãos competentes da Casa da Moeda e passam por um teste rigoroso de qualidade para terem um valor padronizado. No entanto, um vídeo recente ganhou milhares de visualizações após falar sobre uma moeda de R$ 1 que pode ser vendida por até R$ 10 mil.

Arlan Palmeira, através de sua conta no TikTok (@arlanmoedas200m), explicou que a moeda que se encaixa nesse segmento é a do ano de 1998. Caso ela tenha uma letra “P” impressa ao lado do valor, seu dono pode vendê-la por até R$ 10 mil. Ele ainda comenta as moedas que recebem a letra “P”, são aprovadas para cunhagem das moedas prova de cunho.

- Publicidade -

Especialistas explicam que o “P” dessas moedas significa “prova de cunho”, que é um exemplar produzido pelas oficinas monetárias como um ensaio, não devendo estar em circulação. Por ser um item que não deveria estar no mercado, esse tipo de moeda atrai olhares de colecionadores e pode ser vendida por preços astronômicos.

A moeda em questão é uma das mais raras pelo fato de ser uma das primeiras a apresentar um design novo. Embora seja uma peça difícil de encontrar, pode estar à venda por aí. Em sites especializados, é possível encontrar o item sendo ofertado entre R$ 8 mil e R$ 10 mil.

A moeda de R$ 1 não é a única de prova de cunho que pode ser adquirida pelos numismatas. Arlan também contou no TikTok que as moedas das Olimpíadas, que também possuem a inscrição “P” em sua face, podem valer até R$ 5 mil no mercado de colecionadores.

Uma situação semelhante acontece com a moeda de R$ 0,10 de 1994, que pode ser vendida 3.500% mais cara do seu valor original. Para que essa peça também chegue às cifras de R$ 350 basta encontrar a letra “P” de “prova de cunho”.

Dá uma olhada na carteira e veja se você tem a sorte de encontrar uma dessas relíquias!

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia mais

Horóscopo Do Dinheiro: 5 Signos Que Terão Muita Grana Este Ano BioBoost: A IA do LinkedIn que Potencializa sua Presença nas Redes Sociais Tiktok: Plataforma é banida em mais um país no meio político Chamas da Vingança se Espalham: A Saga de Denzel Washington Continua na Série Original da Netflix Adeus ao Bosque dos Cem Acres: Por que o Novo Filme do Ursinho Pooh está Sendo Retirado das Telonas