- Publicidade -

Multa para motoristas que andam com carro sujo? Entenda a aprovação do decreto

0

O assunto repercutiu de forma estrondosa sobre o decreto do carro sujo.

- Publicidade -

Condutores mais antigos ainda não conseguiram se adaptar ao novo Código de Trânsito Brasileiro, porém é importante lembrar que a maioria das mudanças são simples e não afetam o cotidiano dos motoristas.
Recentemente foi lançado um decreto que gerou polêmica entre motoristas pois, aquele que andar com o carro sujo estará sujeito a pagar uma multa no valor de R$ 130,00. Entenda o funcionamento do decreto:

Todos os motoristas que se locomoverem com o carro sujo serão multados?

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, o carro sujo não terá multa. Entretanto, um documento de 2014 ainda gera confusão para muitos motoristas. O Decreto de nº 6.094, de 10 de dezembro de 2014, afirma que está proibido o tráfego de veículos com potencial de causar danos para via pública ou pessoas. Ressalta-se que o decreto é regional, portanto não valerá para todo o país.

Talvez você goste de ler:

- Publicidade -

Conheça oito franquias baratas e com menos burocracia para empreender sem funcionários

Governo Bolsonaro corta verba de ações para mulher em número extremamente alto para o Orçamento de 2023

Qual a relação com a sujeira?

Entenda a seguir:
O carro que contém em sua sujeita um componente em específico, receberá a multa. A prefeitura de Congonhas, em Minas Gerais, definiu que o automóvel que circular sujo de minério pelas ruas da cidade levará a multa no valor de R$ 130,00.

De acordo com o decreto citado, apenas carros com a possibilidade de causar danos para a população podem ser multados, por isso o foco são os veículos com resíduos de minério.

- Publicidade -

Nos períodos do ano em que chove, por exemplo, é comum que carros que circulam no interior fiquem com esses resíduos. Portanto, a prefeitura estará apta a aplicar não somente multas no valor acima, mas também um total de 4 pontos na CNH do dono do automóvel.

O decreto do carro sujo de minério propõe que este componente pode causar impactos à saúde de moradores e ao meio ambiente.

E por qual razão nasceu a multa para os veículos sujos de minério? Porque o município de Congonhas está localizado próximo à BR-040, que recebe diariamente caminhões transportando uma quantidade alta de minério.

Como funciona a multa?

O decreto não atinge todos os automóveis. Logo, carros pequenos estão fora do radar de recebimento da multa. Já caminhões e carros grandes vindos de mineradoras estão proibidos de circularem com o componente.

Os visitantes que irão até a cidade de Congonhas/MG de carro, deverão parar em um posto antes de entrar no município. Após uma lavagem cautelosa, a circulação dos veículos está livre para os visitantes.

Em suma, carros sujos não geram multa em outros municípios. Contudo, para a sua saúde e também do seu automóvel, é recomendável que você mantenha tudo sempre higienizado tanto por dentro, quanto por fora. A higiene pode aumentar não só o tempo de vida do carro e garante a própria saúde de quem o frequenta.

Confira abaixo mais multas que podem preocupar os motoristas brasileiros:

Qual a multa mais cara do país?

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) é quem determina as condições de uma multa, bem como sua gravidade. Portanto, a multa mais cara do Brasil é considerada uma infração gravíssima, como já era esperado.

Em virtude da situação da multa, ela possui as piores punições do Código. Trata-se, dessa forma, do ato de impedir a circulação em uma vida, de qualquer forma que seja sem a autorização necessária. A infração pode gerar pendências acima de R$17 mil.

Ademais, o condutor também perderá seu direito de dirigir. Isso se deve ao fato de que ele terá a CNH imediatamente suspensa. Logo, a orientação é para que os motoristas jamais coloquem seus documentos em risco, para evitar assim, de ter os direitos suspensos.

Multa por molhar pedestres

Poucos têm conhecimento disso, mas molhar os pedestres também pode ocasionar uma multa. Aliás, a gravidade da ação não é baixa, pois trata-se de uma uma infração de caráter médio. Segundo o Código de Trânsito Brasileiro, a infração está prevista no artigo 171. Portanto, esse tipo de conduta, pode te custar uma multa no valor de R$ 85,15, além de fazer com que você perca 4 pontos na carteira de motorista.

De acordo com as informações divulgadas pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran), a orientação é para que os pedestres anotem a placa do veículo e notifiquem, logo em seguida, o órgão sobre o ocorrido. Ademais, pedestres que forem pegos arremessando qualquer coisa sob os veículos, também sofrerão penalidades que estão previstas nas leis.

Assim, os condutores devem sempre manter-se em alerta para os dias chuvosos, ou no momento em que passarem por um local com poças d’água. Como precaução, será preciso diminuir a velocidade do veículo, para evitar que os pneus arremessem água nos pedestres, abstendo-se de uma multa por algo simples e respeitoso.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia mais

Horóscopo Do Dinheiro: 5 Signos Que Terão Muita Grana Este Ano BioBoost: A IA do LinkedIn que Potencializa sua Presença nas Redes Sociais Tiktok: Plataforma é banida em mais um país no meio político Chamas da Vingança se Espalham: A Saga de Denzel Washington Continua na Série Original da Netflix Adeus ao Bosque dos Cem Acres: Por que o Novo Filme do Ursinho Pooh está Sendo Retirado das Telonas